quinta-feira , julho 27 2017
Home / Economia / PaviLages cobra 100% dos contribuintes, questiona morador?

PaviLages cobra 100% dos contribuintes, questiona morador?

pavilages

Olá Barão, bom dia

 Hoje cedo minha esposa e nossa vizinha foram abordadas por duas funcionarias da Prefeitura, que entregaram a elas um folha do Projeto Pavi Lages e uma folha p/ recolher assinatura dos moradores da rua. Porém pelo que entendi, os moradores tem que pagar a obra por completo (mão de obra + materiais).

Fiquei indignado, qdo segundo a minha esposa me falou: que indagou-as perguntando a respeito das famílias carentes da rua que não tinham condições de pagar…ai as mesmas responderam, quem sabe os vizinhos se reúnem e pagam p/ aqueles q não tem condições.

Indignação

Fica a indignação: Além de eu ter que pagar 100% de uma rua que é dever da prefeitura manter, eu ainda recebo a proposta de ajudar aqueles q não tem condições de pagar.

Além do mais, esta rua (Raimundo Correia – trecho de 100mts entre a Winner e a padaria Papa Pão – no Santa Rita é uma via muito movimentada, pois da acesso ao estacionamento da academia e é a única rua q sai na Av. Dom Pedro desde o Coral até o Triangulo, que não tem pavimento e não tem rede de esgoto decente.

A rede foi construída há muitos anos, segundo os vizinhos, pois eu faz apenas 3 anos que moro na mesma.

Projeto

A prefeitura, segundo o que eu entendi do projeto (em anexo a folha q me entregaram) ficaria somente com o projeto básico e a fiscalização.

Vc não acha interessante Barão: os moradores pagariam 100% da obra e quem levaria a propaganda seria a prefeitura. É um bom negócio, vc não acha????

OBS: Sou leitor assíduo todos os dias de seu blog.

Grande abço.

Att, Andersom

Sobre Milton Barao

Veja também

Produção e comercialização do Queijo Serrano está regulamentada

O governador Raimundo Colombo acaba de assinar a regulamentação da lei que permite a produção …

Um Comentário

  1. rodrigo netto

    e quando precisar arrumar o asfalto. de quem vai ser cobrado??

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *