terça-feira , junho 27 2017
Home / Justiça / Liminar afasta da prefeitura esposa de ex-prefeito de Capão Alto

Liminar afasta da prefeitura esposa de ex-prefeito de Capão Alto

sadiana melo

Como resultado da Operação Degelo, promovida pelo Gaeco, em diversas prefeituras da Serra Catarinense, dentre elas a de Capão Alto, resultou em Ação Civil Publica por improbidade administrativa, contra a esposa do ex-prefeito Antonio Coelho Lopes Junior (Bota).

A ação incriminava Sadiana por abuso do poder econômico, enriquecimento ilícito e improbidade administrativa, por uso de telefone e veículo público do município.

A juíza Ana Cristina Oliveira Agustini, da Comarca de Campo Belo do Sul, prolatou sentença:

sadiana

DEFIRO O PEDIDO LIMINAR de fl. 32 e, em consequência natural:a) DETERMINO o afastamento da afastamento da requerida Sadiana Arruda Melo Coelho Lopes do cargo público ocupado, limitando esse ao período de 180 (cento e oitenta) dias, sem prejuízo de posterior reconsideração do período inicialmente fixado, em especial, em razão de eventual complexidade da instrução probatória. (Cabe recurso)

Sobre Milton Barao

Veja também

Carmen questiona no TSE redução Zonas Eleitorais

A deputada Carmen Zanotto participou de audiência com o presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), …

4 Comentários

  1. JACINTO BET

    Barão, o veículo público que a primeira dama do Município foi este da foto?

  2. Névio S. Filho

    Em tese, seria um veículo de coleção em algum shopping colocado para uma exposição, normalmente é o que mais acontece, mas não seria um veículo oficial da prefeitura, ele não resistiria as péssimas estradas de nosso interior. Mas como somos preconceituosos, achamos que toda mulher bonita possui pacto com o demo e pode as vezes ser corrupta, no mais acho que os próprios maridos as usam como laranjas.

  3. joao

    Se o que ela fez é crime então aqui em Lages o pessoal do paço devia estar atraz das grades, pois o que mais se vê é veículo oficial ou locado com dinheiro público sendo usado para fins particular, isso sem falar dos celulares pago com dinheiro do povo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *