segunda-feira , setembro 25 2017
Home / Polícia / Leleco, profissão assaltante

Leleco, profissão assaltante

leleco

A Polícia Militar, somente no ano de 2016, prendeu em flagrante o Leleco por furto o total de nove vezes. É tanto que sua profissão ficou conhecida como praticante de furto, pois sempre é solto e volta para a rua novamente para roubar. Dessa vez furtou um VW/Gol e foi flagrado pela guarnição de rádio patrulha do setor 7.

Nove vezes

Preso somente pela PM, em 2016, nove, será que o problema realmente é falta de segurança pública. Será falta de policiais, será falta de viaturas, como idiotamente se costuma alegar?

Revisão do Sistema Penal

Parece que o problema é bem mais grave do que a falta de segurança. Ou seja, parece que é uma revisão completa no sistema penal brasileiro, desde as leis arcaicas, o código penal e as garantias individuais, asseguradas legalmente.

Não tem juiz, não tem delegado e não tem policial que resolva isso, enquanto não se fizer essa revisão.

 

Fonte: Polícia Militar – 6° BPM

Sobre Milton Barao

Veja também

Vectra bate em papa-entulho e motorista foge do local

Na noite de domingo (17), faltando poucos minutos para a meia-noite, na Rua Manoel Thiago …

5 Comentários

  1. Névio S. Filho

    A Polícia também é um filtro ideológico e não há o que se buscar de algo proveitoso nas declarações de policiais. Vejam em São Paulo, jogam bombas e tiros em quem está brigando pelos direitos que os policiais irão perder também, mas como não foram preparados para pensar idolatram os que os fazem sofrerem, como tambêm a ânsia de pertencerem ao poder e a elite, quando não o são. Barão, Barão, modifique esta cabecinha que parou no tempo, não sou jornalista e minhas análises são mais profundas do que o senso comum lageano, as vezes tentamos nos esconder ou mascarar uma situiação que sabemos em Lages é visível, a pobreza da população, a questão é quem são os bandidos modernos, com certeza não são os pobres. Nos omitimos porque sabemos quem são os verdadeiros bandidos na sociedade, mas fomos ensinados a achar que os pobres são.

  2. João

    Menos, muito menos Batista, querer acusar os policiais de não pensarem é o cúmulo da ideologia comunista, um bando de alienados ficam fazendo manifestação onde o objetivo é quebrar tudo o que encontram pela frente para tentar enganar a população que só eles estão certos, quero que vão para o raio que os parta, essa facção vermelha tem que ser extirpada do Brasil.
    Se quer saber não sou coxinha e muito menos defensor de qualquer partido, todos são iguais, as siglas só servem para abrigar corruptos, a roubalheira existe desde o tempo do Império, agora vamos ser sinceros, roubar igual roubaram nesses ultimos anos da era ptista ninguem roubou tanto.
    Quem não tá contente agora é muito simples, se muda para Cuba, Venezuela, Bolívia, esses e mais alguns países que vivem tal regime atualmente são grandes potências em desenvolvimento e o povo deve estar muito feliz, com seus pseudo “líderes “.

  3. Névio S. Filho

    Caro João ao fazer este comentário você já se posiciona ideologicamente e mesmo com opiniões desencontradas e totalmente fora de nexo, possui esse direito a expõ-la e não foi nenhum petista ou capitalista que a concedeu, mas sim a Declaração Universal dos Direitos do Homem em 1948. Aonde somos todos essência e não há diferenciações, pois somos todos iguais, comunistas, não comunistas e outras facções, a Polícia é um instrumento ideológico e quem está no poder manda e eles obedecem, com certeza Dilma e o PT nunca mandaram policiais truculentos baterem em estudantes em São Paulo.

  4. gabriel

    o que falta é uma bala no meio da cabeça deste tipo de individuo

  5. João

    Quem idolatra Che Guevara, Fidel Castro, Nicolás Maduro, líderes sanguinários que aniquilan, mandam fuzilar as pessoas que são contrarias as suas vontades ditatoriais, essas pessoas ainda querem falar da polícia, se estão ali é para cumprir a lei, ou seja proteger, se hoje está essa anarquia que o país se encontra, é graças a estes últimos Governos corruptos do PT.
    Defender direitos é uma coisa muito diferente do que as atuais manifestações estão fazendo, com certeza este país é constituído pela maioria das pessos de bem, quebra quebra só vai fazer a turma do bem ficar contra os arruaceiros.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *