segunda-feira , setembro 25 2017
Home / Polícia / Trocou bike por cinco pedras de crack e PM desbarata gang

Trocou bike por cinco pedras de crack e PM desbarata gang

bike

Malacaia roubou bike e no rastro a PM desbarata gang que assaltava lojas para trocar mercadorias por crack

Na manhã deste sábado (15), foi roubada uma bicicleta que estava dentro do pátio da residência do presidente da LSF e comunicador da Radio Guri, Reginaldo Heine, que mora no Bairro São Sebastião.

Casal

Mesmo com grades altas e sistema de segurança, o casal Fernando Oliveira da Silva, vulgo “malacaia” e Pamela Priscila de Souza Bastos não se importou com as câmeras, que flagraram o momento em que ele passava a bike para ou lado de fora, por sobre a grade.

malacaia2

Ficha corrida do Malacaia

Observando as imagens, de imediato o casal foi identificado e a PM saiu no encalço, por serem velhos conhecidos, já que somente neste mês o “malacaia” havia assaltado duas vezes uma loja no Guarujá, próximo aos trilhos, como também a loja de som ao lado da igreja Assembléia de Deus.

produtos-na-casa-jefinho1

Receptador Jefinho

APM fez o rastreamento do casal e descobriu que a bike já estava na casa do receptador, Jefferson da Costa Silva, vulgo “Jefinho”, onde o Malacaia havia trocado a bike por cinco pedras de “crack”. Ainda na residência do receptador, a PM encontrou não apenas a bicicleta roubada como vários outros produtos de furto, além de duas pedras de crack e uma pequena quantidade de maconha.

produtos-na-casa-jefinho2

Justiça

Todos foram levados para a delegacia. E a população espera que amanhã já não estejam soltos pela Justiça, como acontece nesse Brasil sem lei, onde a policia prende e os bandidos são soltos antes de preencher o boletim…

produtos-na-casa-jefinho3

Com informações: PM. Imagens/divulgação

Sobre Milton Barao

Veja também

Vectra bate em papa-entulho e motorista foge do local

Na noite de domingo (17), faltando poucos minutos para a meia-noite, na Rua Manoel Thiago …

7 Comentários

  1. Edson Magaldi

    O malandro levou azar ….foi furtar logo na casa do 007 da comunicação ( Reginaldo). Por essa, o meliante não esperava . Kkkk

  2. Nevio S. Filho

    Porque o meliante é sempre o pobre que a sociedade quer punir e rouba migalhas, enquanto que mais usam drogas são as classes altas e médias e as somas mais altas em roubos são políticos em que nós votamos. Por isso Edson, ainda temos essa visão preconceituosa e atrasada, drogas ainda são sinônimos de propinas para delegados, juízes, desembargadores e isso é muito lucrativo aos traficantes, pois só os pobres são presos, e o que ganhamos com isso, nada, nem exemplos pedagógicos servem, ademais as drogas são um mercado emergente, ou seja sempre aumentando e nunca acabará este comércio. Pequenos roubos só servem para manter o vício de pequenos pobres que não possuem a mínima estrutura para sobreviverem, agora se tenho dinheiro e consigo comer, então sou o maioral e quero todo mundo preso. Mesmo sabendo que prisões não resolvem nada. Vi todos os filmes dos Jogos Mortais 01 até o 06 e aquilo é o que acontece na sociedade, somos egoístas, preconceituosos, não somos leais, mas somos individuais e essa individualidade é nossa ruína. Até a cabecinha do policial é muito pequena, ela foi catequisada para aprender que o pobre é o culpado pelas mazelas do mundo e não a elite e ele deve dar proteção a esta elite que cria estas mazelas sociais , mas alguém deve levar a fama. Chega de hipocrisia, o mesmo cara que roubou a magrela, pode ter sido o mesmo que nos atendeu em um bar, no supermercado ou é ouvinte do Barão na rádio. A sociedade é injusta e o que vemos na mídia, não reflete a realidade. Uma das cenas antológicas de um dos filmes Jogos Mortais é quando uma mocinha é jogada em uma piscina de seringas e as seringas cravam em seu corpo a fazendo gritar de dor e o sangue jorrando. Será que teríamos que jogar nosso amigo Barão em uma piscina dessas para ele entender que a justiça não existe e faltaria cadeia para tantas pessoas injustiçadas no mundo.

  3. Nevio S. Filho

    Eu se fosse o radialista doava esta bicicleta feinha para a família do necessitado, temos uma vida tão curta e com tantos irmãos precisando de ajuda, eu particularmente na capital ajudo no posso as pessoas que me pedem comida ou dinheiro para ônibus, bairros muito longe do centro aqui na região. Lembrando que também poderíamos estar no lugar destas pessoas é só a vida querer…

    • Eder

      Sr Névio toda vida o sr protegendo os vagabundos está de parabéns, esse fulano é um famoso ladrão da nossa região e ninguém faz nada esse cara ja roubou mais de 30 casas aqui na nossa região. Está com dó leva pra morar com o sr.

      • Nevio S. Filho

        Meu caro Eder, como um estudioso da sociologia e da filosofia, não posso me pautar pelas questões obvias que acontecem no dia a dia, senão para que estudar a sociedade, ler, pesquisar muito, só bastaria seguir o que o senso comum da população normal pensa é claro que para vocês eu seja um maluco, porque este cara protege e defende pobres, se pobres são bandidos para a classe média. É der é muito difícil ainda quebrar estes grilhões que fazem com que haja a separação das classes no Brasil, aprendemos assim nas escolas, eu tive que fazer um esforço terrível para não pensar assim, pois é mais fácil e cômodo pedir cadeia do que ajudar os mais desafortunados e veja quanto mais segregamos e mais pedimos cadeia, mais crimes acontecem, porque a solução é políticas públicas e não demagogia que não levam a nada. Eder vá no teu social urbano e mapeie as pessoas que estão em Estado de vulnerabilidade no teu bairro em vez de só ficar reclamando, com certeza você come e dorme, mas a vida dá voltas e amanhã pode ser você que precisará de ajuda, o mundo é assim. Eu na capital ajudo pessoas no meu bairro e a situação é pior ainda, do que Lages, a sociedade não é boazinha, nem harmônica como queremos que ela seja, por isso se há omissão nesta hora, pagamos mais tarde. Criticavam as políticas públicas do PT, agora irão sofrerem as consequências desta omissão. Se a coisa fosse tão fácil e se policia resolvesse a situação, viveríamos em um paraíso, mas as soluções passam por outras vias.

        • Jeverton

          Vítimas somos nós e não esse safado que aparece roubando, um ladrão com extensa ficha criminal, fui roubado por este malandro quando ele era jovem, no ano 2000, estamos falando de um bandido pobre sim, mas ainda um bandido, não de uma pessoa honesta que é pobre e muito menos de uma vítima.

  4. Fillipi Demétrio

    Não foi na casa do Reginaldo heine foi na minha casa….
    Só pra retificar a informação…. e estamos esperando que esse safado não seja solto mesmo amanhã ou depois… pq se todo o sistema de segurança que temos aki não inibiu esse vagabundo imagina o que ele pode ser capaz de fazer agora que sabe quem somos

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *