domingo , setembro 24 2017
Home / Política / Faltando 65 dias para terminar mandato, Elizeu renuncia

Faltando 65 dias para terminar mandato, Elizeu renuncia

barao-elizeu

Extremamente abalado com a perda da esposa Cris Garcez, que morreu de câncer aos 40 anos e com dois filhos, (Iza 16 anos e Dudu 10), o prefeito Elizeu Mattos não teve mais condições psicológicas de se manter no cargo, mesmo faltando apenas 65 dias para o fim do mandato.

Assim, após 15 dias de licença, nesta quinta-feira 27 de outubro Elizeu renunciou o cargo, e com isso assumiu Toni Duarte, com a atribuição de fazer a transição para Antonio Ceron, o prefeito eleito que toma posse dia 02 de janeiro de 2017.

Decisão em 13 outubro

No dia da abertura da ExpoLages (13/10), conversei com Elizeu Mattos que reiterou que foram os quatro anos piores de sua vida e estava decidido a renunciar. “Só teve desgraça comigo na prefeitura, a começar pelo granizo que arrasou a cidade, depois a minha prisão que foi um caso único na Justiça Brasileira e para completar a doença da Cris”, desabafou.

Prisão

Elizeu foi denunciado pelo Ministério Público Estadual, depois de preso no dia 5 de dezembro de 2014 na execução da operação Águas Limpas. Foi acusado de irregularidades em contrato com empresa de saneamento.

Foro privilegiado

Com a renúncia, a ação criminal que tramita no Tribunal de Justiça volta à Justiça Criminal de Lages. Seus advogados já entraram com habeas corpus em Brasília requerendo o cancelamento de depoimentos do prefeito.

carta-renuncia1carta-reununcia2

Sobre Milton Barao

Veja também

Diálogos imaginários: Ceron e Jair na reunião do PSD

Ceron: se decida vereador Jair, ou você fica do meu lado, ou passa lá pra …

4 Comentários

  1. Névio S. Filho

    Brasília poderia ser um Foro privilegiado para Elizeu, mas poderia muito bem terminar este mandato quie já está no final, quem sabe a geração deste fato político ensege alguma estratégia par dar fim ao seu processo e ademais qual o futuro do rapaz que foi preso com a mala naquele hotel, ninguém falou mais do coitado, será que foi deportado para o Islã.

  2. joao

    Grande jogada se fosse pela doença da esposa já teria renunciado a mais tempo. Vejamos.: Renunciando o processo da mala começa do zero, pior administração que Lages já teve até hoje, o desgaste de mandar os puxa saco embora sera do Toni, se não conseguir pagar a folha a culpa foi do Toni, num futuro bem próximo se candidata a deputado e vai ter a cara de pau de disser que a desastrosa administração quem fez foi o Toni.

  3. Paul

    Quando se faz um administração que foi péssima realmente tem que sair assim pela porta dos fundos @pena q o povo (alguns )esquecem principalmente a esquerda e logo volta a cena nas próximas eleições

  4. João Souza

    Labasco, quer sair de coitadinho.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *