quinta-feira , setembro 21 2017
Home / Economia / Taxistas propõem emendas à lei que está para ser votada

Taxistas propõem emendas à lei que está para ser votada

audiencia-taxis-1

São 115 pontos de taxi em Lages e mais de 100 deles participaram da audiência pública de quarta-feira, na Câmara. Emendas serão apresentadas na próxima segunda-feira

taxi-praca-terminal

Não é a lei que tem de se adaptar às pessoas, mas as pessoas terem de se adaptar a legislação. E esse princípio vale principalmente para a regulamentação das atividades, como é o caso da concessão de serviços públicos, como o serviço de táxi. A reclamação da classe está justamente na perda do emprego aos que atualmente labutam no setor.

Audiência Pública

E o que foi falado na audiência pública de quarta-feira, na Câmara de Vereadores, foi de que a categoria não deseja a licitação dos pontos atuais, somente dos novos. Só que essa posição contraria a exigência do Ministério Público para o Município, para que esse último faça esse procedimento, sob pena de multa diária.

audiencia-taxis-3

Urgência

Por parte da Câmara de Vereadores, o projeto que estava parado, agora está tramitando com a tal “urgência urgentíssima”, pois o prazo está esgotando e não vai ter mais como empurrar com a barriga e protelando o problema para a próxima legislatura.

Emendas

Foi tanto que o presidente da Comissão de Constituição e Justiça, vereador Eloi Bassin marcou uma nova reunião, para a próxima segunda-feira, às 15, com a participação dos taxistas, da procuradoria do Município e do promotor de Justiça, onde serão apresentadas as emendas ao projeto.

audiencia-taxis-2

Fotos: Arquivo/Ponto Taxi Praça Terminal

Comunicação Câmara/Elisandra Pandini

Sobre Milton Barao

Veja também

Infracea assume aeroporto com expectativa de nova linha

Na manhã desta segunda-feira (18), no gabinete do prefeito Ceron, foi assinado o contrato de …

2 Comentários

  1. Névio S. Filho

    Gosto de pegar taxi em Lages, aqui se preserva uma coisa que já desapareceu na capital, a educação para alguém que está pagando um serviço. Nossos taxistas são educados, honestos e simpáticos, ao contrário de Florianópolis, cabeças duras, antipáticos e mal educados e isso só piorou com as licitações e os concursos para taxistas, hoje tem caras com 90 carros na praça e quem ganha as provas dos concursos, advogados, paulistas radicais, engenheiros e juizes, só que esta turma não dirigem, c tratam aposentados pagando 30% das corridas agora imagine o cara tem que rodar muito, bater metas e o mal humor é constante, pois não é visto a satisfação do usuário, mas o que eu vou ganhar.

  2. Névio S. filho

    Se fizerem como o MP pede, ou seja concursos, veremos o que acontece na capital, comissionados aquinhoados com pontos e placas de taxi circulando pela cidade, tirando o lugar de quem precisa hoje e virando uma moeda de barganha política.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *