terça-feira , setembro 26 2017
Home / Justiça / Se cumprir a lei, os pais da filha troteira devem 151 mil

Se cumprir a lei, os pais da filha troteira devem 151 mil

A lei estadual em vigor determina que Copom e Samu encaminhem mensalmente relatório de ligações (trotes) recebidos. Tais informações devem ser transformadas em procedimentos para penalizar os titulares das linhas telefônicas com multa no valor de R$ 200,00 para cada ligação e ainda o enquadramento nas penas previstas no Código Penal.

O Boletim de Ocorrência registrado deverá ter sequência para enquadrar a jovem abusada – através dos pais (responsáveis) – ao pagamento de multa no valor de R$ 200,00 para cada uma das ligações feitas. E o valor não é baixo, fechando em R$ 151.600,00.

Sobre Milton Barao

Veja também

GAECO: Operação Terra Prometida investiga vereador de Lages 

Matéria especial do Diário Catarinense desta sexta-feira, 7, sobre a Operação Terra Prometida

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *