domingo , agosto 20 2017
Home / Justiça / Multa da juíza vai sair do bolso dos cidadãos

Multa da juíza vai sair do bolso dos cidadãos

Edson Varela foi bem didático ao resumir a questão da SAMT e mais uma herança maldita deixada pelo antigo alcaide, senão vejamos:

A questão que envolve a SAMT cujo desdobramento pode resultar – se mantida a decisão judicial de primeiro grau – em perdas aos cofres municipais. Observe que uma condenação em multa no valor de R$ 500 mil não vai sair do bolso do prefeito ou do procurador. Mas de cada cidadão, através da conta mãe.

Dinheiro que ao invés de tornar menos ruim um setor de saúde capenga e uma infraestrutura em frangalhos, vai ser despejado numa situação dessas de castigar o Paço. Não se contesta a multa imposta pela magistrada (até porque não cabe ao cidadão comum isso), mas evidencia que as mancadas do passado vão perseguir Lages por um bom tempo”.

E a explicação de Ceron e do Procurador é bem simples: o patrimônio da SAMT foi cedido pelo município. Consequentemente, a entidade não poderia fazer negociatas.

Sobre Milton Barao

Veja também

GAECO: Operação Terra Prometida investiga vereador de Lages 

Matéria especial do Diário Catarinense desta sexta-feira, 7, sobre a Operação Terra Prometida

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *