quinta-feira , julho 27 2017
Home / Cotidiano / Há um ano esperando Celesc em Ponte Alta

Há um ano esperando Celesc em Ponte Alta

Não é à toa que a Serra Catarinense é uma das mais atrasadas regiões do estado com relação ao desenvolvimento. Basta ver o que acontece em Ponte Alta onde há mais de um ano moradores da Rua Waldir Ortigari, próximo a Berlanda, no Centro, não conseguem sequer que a Celesc faça a ligação de energia em suas residências.

– Já faz um ano que foi feito o protocolo e encaminhado a documentação solicitada pela Celesc. Também a prefeitura enviou pedido, porém até agora o recurso tem sido a utilização de velas para iluminar a escuridão, relatam indignados.

O detalhe é que com o passar do tempo, até os gatunos estão agindo e já roubaram até a fiação do poste padrão exigido.

Celesc

De acordo com os moradores, a resposta na empresa é sempre a mesma, ou seja, de que o processo é lento e demorado…

 

Fotos: moradores na escuridão

Sobre Milton Barao

Veja também

Vamos desenhar o significado de EMPENHO

Que o povo não saiba o que é um EMPENHO, dentro de uma administração municipal, …

6 Comentários

  1. Jackson Antunes da Rosa

    Cadê os políticos desta cidade?
    Porque os mesmos não fazem reivindicação junto a CELESC?
    Agora entendo porque a vizinha cidade de Ponte Alta não vai para frente a mesma está muito mal representada com seu quadro político.

  2. Marcos Carvalho

    No meu ponto de vista quem tem que correr atrás dos documentos e regularizar a situação é os políticos da cidade, pois qual a serventia deles! Assim Ponte Alta, nunca vai para frente! Se fosse em outra cidade as casas já tinham energia elétrica.

  3. Diego

    Se tivessem falado com o Sadan já tinha luz nessas casas, agora com o atual prefeito só enrola o povo, é um mentiroso sem confiança.
    Tive que vir morar em Lages e sair da Ponte Alta por não ter emprego, pode esquecer que vão correr atrás para arrumarem a luz.

  4. Lam

    Infelizmente essa e a realidade da cidade natal de muitos dos jovens que estão lendo está reportagem através da internet, provavelmente assim como eu tiveram que fazer a vida em outros lugares , principalmente pela falta de oportunidade de trabalho. E realmente lamentável, porque essas casas da rua são de propriedade de jovens que ainda acreditam e investem seus esforços em Ponte Alta.

  5. Nilton Felipe Faé

    Meu vizinho pedio a energia em 2016 ,eu fiz o pedidoem 2015 ja assinei tudo que é papel,a celesc diz que tenque esperar que o processo é lento. E as casa ja estão prontas e nos os donod aguardando a rede que quem sabela quando vai vir pouca vergonha mesmo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *