sexta-feira , Fevereiro 23 2018

Tortenhouse

 

SEMASA TOPO

 

Home / Justiça / Justiça do Trabalho manda descontar contribuição sindical

Justiça do Trabalho manda descontar contribuição sindical

Na foto: Juíza Patrícia de Santana (direita) ao lado de outra magistrada, Andrea Haus Bunn

Edson Varela destaca, e pela relevância da informação, compartilhamos a decisão polêmica da Justiça do Trabalho. Aliás, vale lembrar a decisão também polêmica no RJ, onde a Justiça do Trabalho anulou rescisões de uma empresa privada. E o que chama atenção nesse caso é a “sanha” do sindicato, em não perder recursos, mesmo tendo sido derrubado por lei federal.

Mas vamos aos fatos:

“Embora em âmbito local os meios de comunicação não tenham dado muito destaque, repercutiu nacionalmente a sentença da Juíza Patrícia Pereira de Santana da 1.ª Vara do Trabalho de Lages. A Magistrada julgou ação interposta pelo Sindicato dos Auxiliares em Administração Escolar da Região Serrana. Na demanda, o sindicato pede a concessão de tutela antecipada para manter o recolhimento da contribuição sindical obrigatória – medida que foi derrubada pela Reforma Trabalhista.

Contribuição sindical

A Juíza Patrícia de Santana concedeu a tutela de urgência de natureza antecipada para que a parte demandada emita guia para recolher as contribuições sindicais dos empregados, com desconto de um dia de trabalho.

 

do Twitter

 ‘Justiça do Trabalho suspende parte das demissões da universidade Estácio de Sá no Rio de Janeiro, segundo o Sinpro-Rio; empresa vai recorrer ‘. Brasil é mais socialista que a maioria dos países socialistas, juiz se metendo em empresa privada é o fim!

Sobre Milton Barao

Veja também

GAECO: Operação Regresso leva 17 empresários para serem ouvidos

Entrevista com Promotor James Faraco, para o repórter Jotta Damasceno. Exclusiva para o Portal do …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: