quarta-feira , agosto 23 2017
Home / Economia (página 5)

Economia

Prejuízo no novo supermercado

Como bom brasileiro também não resisti e fui conferir as promoções do novo supermercado da Humberto de Campos. Tinha fila para entrar, fila na escada rolante, congestionamento nos corredores e produtos em falta.

Cobrança em dobro

Não foi a toa que já ficou em primeiro lugar na pesquisa da cesta básica do Procon. Mas mesmo assim fiquei no prejuízo, e que sirva de alerta para que prestem atenção na hora de passar as compras no caixa. Acontece que houve cobrança em dobro de um produto cujo valor era 5,49.

Portanto, fiquei no prejuízo, pois só fui conferir em casa,  se bem que o erro foi do caixa. É tanto que não fez x2, mas cobrou em dobro.

Implantação do Lages Business Park

O Grupo Koch está atuando forte para cumprir as etapas com relação a implantação de mais um empreendimento, desta vez o Lages Business Park

Entrevista do diretor Cristiano Santiago Vieira no Bom Dia Lages (ImagemTV)

Até dia 16 de junho, a empresa Koch, que ganhou o edital precisa entregar o projeto executivo para a prefeitura de Lages. Para tanto, esteve ontem em Lages o diretor de negócios imobiliários do grupo, Cristiano Santiago Vieira, para participar de reunião na Secretaria de Desenvolvimento Econômico.

Plano Altimétrico

Em entrevista ao programa Bom Dia Lages, na ImagemTV, o diretor Cristiano Santiago informou que foi contratada uma empresa especializada, a qual está trabalhando no plano altimétrico (análise de relevo, ângulos e vegetação) para que tudo seja concluído conforme os prazos.

Projeto Executivo

O primeiro deles é até 16 de junho, quando é preciso entregar para a prefeitura o projeto executivo. Depois da aprovação do plano, começam outros projetos complementares, e segundo Cristiano Santiago, não há um prazo específico para o início das obras.

Prazo de dois anos

O edital estipula dois anos para o começo, “mas queremos iniciar o quanto antes e não esperar por esse prazo”. Por enquanto, a empresa usa um préprojeto doado para a prefeitura no ano passado.

Condomínio industrial

Localizado às margens da BR282, na área que seria destinada para a implantação da Sinotruk, o local será dividido em 312 lotes, ou módulos, sendo que uma empresa pode construir em mais de um espaço. Para reduzir os custos, os negócios dividirão o mesmo refeitório e podem compartilhar outros serviços, como segurança e limpeza, assim se justifica o conceito de condomínio empresarial.

 

Com informações: #BM3 Comunicação Criativa

Especialistas do Marketing Digital no Órion Park

No dia 11 de maio, o Centro de Inovação Luiz Henrique da Silveira recebe um evento de Marketing Digital, o Digital Grow, esta é a sua 1ª edição e terá início às 18h50min. Ele será promovido pela empresa Echosis e unirá conteúdo e networking para geração de negócios locais.

O objetivo do evento é fomentar o mercado de Marketing Digital em Lages e região, com isso o evento irá trazer grandes nomes como Contentools, Resultados Digitais, 1007 Brasil e Exact Sales. Serão 5 palestras curtas que irão abordar as últimas tendências, estratégias e ferramentas que estão mudando a forma de como as empresas geram resultados através da internet.

Mais informações: http://www.digitalgrow.com.br/

Não tem dinheiro na mala na revitalização do Mercado

Por falar em passar o pires, em busca de recursos na Capital, convém informar que a revitalização do Mercado Público Municipal não saltou vertiginosamente de 8 para 18 milhões.

Não precisa fazer caras e bocas e nem dar uma de debochado, pois basta se informar para saber que o valor da reforma continua os mesmos 8, já que os outros 10 é o custo da revitalização do Centro.

Então, não tem dinheiro na mala, nem na sacola e muito menos no caixa 2…

ANP fazendo teste combustíveis em Lages

A Agencia Nacional de Petróleo, que como já foi informado pelo diretor do Procon, é o órgão federal que tem a responsabilidade de fiscalização sobre os postos de combustíveis, passou o dia em Lages.

Dentre os postos inspecionados, o Posto SAM/Idaza, da Rua Aujor Luz, no Bairro Santa Catarina, onde tudo está de acordo com os padrões de qualidade exigidos pelo Programa de Monitoramento da Qualidade dos Combustíveis.

Com 10 anos, Plano Diretor de Lages passará por revisão

Durante reunião com os presidentes de associações de moradores, na manhã desta segunda-feira, na região do Petrópolis, o prefeito Ceron informou da necessidade de revisão do Plano Diretor do Município.

Audiências Públicas

A comunidade terá que participar das discussões com mais profundidade, através de audiências públicas. “Será preciso definir com responsabilidade o que se quer para Lages de maneira humana e realista”, salientou.

PDDT/Lages

Através da Lei Complementar n° 306, de 21 de dezembro de 2007, assinada pelo prefeito Renato Ramos de Oliveira, foi instituído o último Plano Diretor de Desenvolvimento Territorial de Lages – PDDT/Lages.

Azul reduz vôos no Sul, sob alegação de Inverno

A expectativa dos clientes da Azul de que com a chegada do Inverno os vôos voltassem a ser diários, acabou frustrada. A empresa anunciou uma redução de seis para quatro voos semanais (8 de maio a 3 de setembro)

Assim como em outros estados da região Sul, o aeroporto federal Antônio Correia Pinto de Macedo, em Lages, terá o cronograma de voos alterado. Segundo a empresa, o motivo é o Inverno.

“Estes ajustes serão realizados de forma temporária em sua malha aérea nessas regiões, com o objetivo de evitar atrasos e cancelamentos que gerem contratempos aos clientes”, diz.

“Deixamos claro que esta é uma decisão da empresa, que atinge não somente Lages, mas vários aeroportos da região Sul. No inverno passado não houve alterações e a aeronave pousou todos os dias, evidenciando que não há problemas com o nosso aeroporto”, diz o gestor do aeroporto, Klaus Ramos Klinger.

Sandro Scheuermann

Foto: divulgação/PML

Abóbora gigante de 35kg na Fruteira SMP

Virou atração turística, inclusive com muita gente parando para fotografar, a abóbora menina que está na Fruteira e Kitanda SMP, na Rua Otacílio Vieira da Costa (defronte a Câmara Vereadores).

Segundo o proprietário Marcelo, ela foi adquirida de um produtor rural, nesta semana, no município de Águas Mornas, na Grande Florianópolis.

A abóbora gigante pesou 35kg, enquanto a maioria das abóboras tem peso entre 10 e 15 quilos. Mesmo com esse tamanho, uma cliente já reservou e queria levar para casa, para decoração, relatou. Por esse motivo, nos antecipamos e fizemos o registro da “super abóbora”.

Estudo DNIT prevê três pedágios entre Lages/Floripa

De acordo com o mapa apresentado pelo diretor de Parcerias do Ministério dos Transportes, Fábio Freitas, na reunião em Lages, nesta segunda-feira, haveria três postos de pedágio na 282, entre Florianópolis e Lages. Mais outros dois no sentido Oeste, até o município de Vargem.

Os três postos seriam:

P1 – no km 62 (na grande Florianópolis)

P2 – no km 117

P3 – no km 170

Ainda o P4 (km 242) e P5 (km 303)

Estudos preliminares

Porém, como destacou a deputada Carmen, trata-se de estudos preliminares do órgão, que precisam ser concluídos e depois discutidos com a sociedade catarinense, através de audiências públicas.

 

Fotos: Marcelos Vargas

Representatividade da Serra impressiona diretoria DNIT

Seria apenas o ato de assinatura ordem serviço para execução projeto de cinco passarelas no perímetro urbano da 282. Mas felizmente as lideranças da Serra Catarinense se uniram em torno de pedidos ao DNIT

As passarelas deveriam fazer parte do projeto das vias marginais. Mas como o projeto foi “enxugado”, inclusive retirado um trecho (Bairro São Paulo/São Francisco), para possibilitar a construção do viaduto da Ponte Grande, somente cinco anos depois é que o DNIT assinou a ordem de serviço para a construção das passagens de pedestres.

Presença maciça de lideranças

O ato aconteceu na sede do DNIT em Lages, e contou com uma grande representatividade da Serra Catarinense. Diversos prefeitos da região da Amures, a maioria dos vereadores de Lages, Acil, CDL, prefeito Ceron e mais de 20 presidentes de associações de moradores. E ainda a presença de dois deputados federais: Jorginho Melo e Carmen Zanotto (que foi incansável).

Curiosamente nenhum deputado estadual. Nem Coruja e nem Gabriel…

Investimento prioritário

O diretor nacional do DNIT, Halpher Luiggi Mônico declarou que é um investimento prioritário para o órgão, tanto a construção das cinco passarelas quanto as terceiras faixas ao longo da rodovia BR 282. “Nós tínhamos a cobrança semanal, tanto da deputada Carmen quanto do deputado Jorginho, e agora, finalmente, estamos aqui em Lages para assinar a ordem de serviço”.

Custo x Benefício, segundo Ceron

O valor (custo) das passarelas é expressivo, mas muito mais expressivo é o benefício que elas proporcionarão à nossa gente, no sentido de salvar vidas (Antonio Ceron)

Execução

O prazo para execução é de 540 dias, dos quais seis meses para o projeto e um ano para as cinco passarelas. “Porém deve ser executado bem antes, mesmo porque assim que o projeto de uma estiver pronto, começa a ser executado imediatamente”, garantiu o diretor.

Fotos: Marcelo Vargas

Não existe concessão sem audiência pública, diz Carmen

Taxada como responsável pelo pedagiamento da BR 282, a deputada Carmen Zanotto aproveitou a presença da direção nacional e estadual do DNIT em Lages para esclarecer.

Não existe concessão sem debate público (audiências), enfatizou no final de sua fala.

A deputada federal esclareceu da luta que foi fazer o DNIT abandonar os estudos iniciais de duplicação da 282 no Oeste, que fariam ligação com as rodovias do Paraná até o porto de Paranaguá.

A Bancada Parlamentar Catarinense exigiu estudos e projetos para duplicação da 282 até os portos catarinenses, pois é uma rodovia que atravessa nosso Estado. Não poderíamos ver nossa produção ir para os portos de outros estados, declarou Carmen.

 

Fotos: Marcelo Vargas

Três questionamentos de Ceron para DNIT

Aproveitando a presença do Diretor Executivo do DNIT, Halpher Luiggi Mônico, em Lages, para assinatura do contrato das passarelas, o prefeito Ceron não se fez de rogado, dizendo apenas amém, e cobrou três questões:

– O projeto de duplicação das rodovias federais 470 e 282 estão num único procedimento do DNIT, ou são separados?

– As terceiras faixas na 282 (entre Florianópolis e Lages), serão executadas antes ou depois da concessão?

– A sinalização da 282, precisa ser melhorada, tanto na questão da velocidade, como nas informações, no perímetro urbano.

O superintendente do órgão em SC, eng° Vicsselar Pretto respondeu aos questionamentos:

  • São dois projetos distintos, tanto que as obras de duplicação da BR 470 já estão em execução, enquanto a 282 ainda não aconteceram as audiências públicas.
  • As terceiras faixas já estão sendo executadas, devendo todas estarem prontas antes da concessão.
  • Sobre a questão da sinalização, ele foi bastante reticente. Disse que a velocidade é reavaliada depois de um ano (no caso das vias marginais). Não respondeu sobre a velocidade ao longo da rodovia e nem sobre as placas de orientação do perímetro urbano da 282 em Lages.

 

Foto: Marcelo Vargas

Presente de Páscoa da Honolulu

Em plena manhã de sábado, véspera de Páscoa, a Honolulu deu um presente inovador, não apenas para seus clientes, como para toda a cidade.

Foi a apresentação da banda Malbec Trio, posicionada em um palco diferente, a sacada da loja, em pleno Calçadão Túlio Fiúza. Parabéns ao Celinho, ao Lúcio e ao Celio Bueno, pela atração, pois o comércio deve agir de forma surpresa e associar o comercial ao entretenimento.

 

Imagens: Jana Santos

Assinatura ordem serviço para cinco passarelas na 282

Além das passarelas, finalmente uma proposta para terceira pista no morro do Distrito de Índios. Soluções vieram pelo empenho deputada Carmen

A assinatura da ordem de serviço para a construção das passarelas da BR 282 no perímetro urbano de Lages acontece nesta segunda-feira (17), às 16h30, no DNIT. A cerimônia marcará o início da implantação de cinco passarelas para atender os moradores dos bairros Coral e Gethal, Frei Rogério e Passo Fundo, Bates e Vila Mariza, São Francisco e São Paulo, e localidade de Índios.

A empresa Zanco Construtora, vencedora da licitação, será a responsável pela elaboração dos projetos básico/executivo e da construção das cinco passarelas previstas, no valor total de R$ 5,7 milhões.

Seis meses para projeto

De acordo com o cronograma a empresa terá até 6 meses para a elaboração dos projetos e, a partir deste prazo, 360 dias para conclusão das passarelas.

Estudos terceira faixa na 282

É um verdadeiro absurdo uma rodovia federal ter um trecho simples de aclive/declive nas proximidades do distrito de Índios. Por isso mesmo oss diretores do Ministério dos Transportes e do DNIT também farão exposições sobre os estudos de viabilidade de instalação da terceira faixa em alguns trechos da BR-282 – Lages/Florianópolis.

 

 

Com informações: Gabinete Carmen Zanotto, que tem sido incansável na implantação das passarelas

 

Imagens: divulgação

Hora dos vinhos finos de altitude dormirem

Novos vinhos “dormem” nos tanques das vinícolas para o amadurecimento

Depois da colheita realizada durante os meses de fevereiro até o início de abril nas vinícolas que produzem vinhos finos de altitude na Serra Catarinense, as uvas passaram pelo processo de extração para retirar o mosto, ou seja, o suco da uva é transformado em vinho.

Hora de dormir

Agora é hora de adormecer. Os novos vinhos “dormem” nos tanques que variam de 250 a 8.000 litros que ficam na vinícola para o amadurecimento. Tudo é controlado pelos enólogos, que acompanham dia a dia o processo para alcançar o resultado esperado. A qualidade deste “sono” definirá o melhor vinho, a acidez e o sabor de cada rótulo.

Silêncio sagrado

Enquanto os brancos envelhecem na garrafa em torno de seis meses, os tintos adormecem no silêncio sagrado das nossas caves por até cinco anos. Tempo necessário para o vinho estar próximo ao auge de consumo e com o equilíbrio harmônico dos aromas frutados, florais e da madeira.

Sem luz

Enquanto envelhecem de forma positiva nas caves, os mesmos encontram-se em condição perfeita de envelhecimento: sem luz e com umidade e temperatura controladas.

 

Fotos: Divulgação/Abreu Garcia