terça-feira , Fevereiro 20 2018

Tortenhouse

 

SEMASA TOPO

 

posto sam rotativo

Home / Cotidiano (página 36)

Cotidiano

Mais um álamo vai ao chão na Carahá

Álamos são árvores de grande porte, chegando a mais de 10 metros, portanto impróprias para as margens do Rio Carahá. “Eles até poderiam ser plantados, mas desde que fossem podados anualmente, nunca ultrapassando os cinco metros”, explica o eng° agrônomo Giovanni Tomazzelli.

Por conta disso, a cada vento mais forte, como foi o caso do verificado na tarde desta quarta-feira (04), mais um deles foi ao chão, pois suas raízes não tem espaço suficiente para suportar a força do vento. O Álamo tombou na Avenida Belizário Ramos, proximidades do Posto Copacabana.

 

Foto: Jatir Fernandes

Coleta Seletiva retorna na próxima semana

A partir de segunda-feira (09) devem ser retomados os trabalhos da coleta seletiva na cidade. O recolhimento dos resíduos recicláveis são feitos pelos integrantes da Cooperativa de Catadores em três caminhões que percorrem os bairros.

Os serviços tiveram uma parada nesta primeira semana do ano devido aos ajustes na nova estrutura de trabalho, porém estarão retornando ao procedimento normal. Mais informações no contato da Cooperativa: 99810 0303.

 

Foto: Toninho Vieira

Estacionamento privativo da FCL gera bronca de vizinho

Se funcionários da Secretaria de Assistência Social tinham estacionamento privativo dentro do prédio do Mercado Público, e que depois da denúncia na Radio Guri e no Portal, acabou extinto, eis que vizinhos da Fundação Cultural de Lages (FCL) repassam uma situação idêntica.

Controle da Cancela

Para conforto e comodidade do superintendente e dos funcionários da Fundação, foi instalada até uma cancela e com direito um guarda exclusivo, além de um controle remoto para os “privilegiados”. Assim eles não precisavam pagar estacionamento como qualquer cidadão, pois a prefeitura bancava.

Custos

“Essa cancela e uma vergonha e ainda mais que é um lugar público e essa cancela não achei o valor gasto com ela no portal da transparência”, comentou um vizinho. Ele comentou ainda que chegou a ir até a prefeitura para reclamar, porém foi informado de que estava tudo “normal”, pois se o superintendente da Fundação havia autorizado, não tinha do que reclamar.

Contraponto

Segundo informações recebidas da Fundação Cultural o motivo da instalação da cancela foi por uma razão simples, ou seja, o abuso por vizinhos que insistiam em deixar o carro estacionado o dia todo, tirando inclusive a vaga de pessoas idosas e deficientes que são artesãos e levam seus produtos para a loja existente no local.

 

Fotos: divulgação, feita nesta terça-feira, 03 janeiro, às 16h18

Definições temporárias até reforma administrativa

Como forma de operacionalizar os serviços básicos prestados pela prefeitura, o prefeito Ceron fez mais algumas nomeações, algumas delas de forma interina e emergencial, que podem ser alteradas após a reforma administrativa, prevista para fevereiro.

Meio Ambiente

Euclides Mecabô (TcháTchá) assumiu interinamente a atual Secretaria de Meio Ambiente, a qual deixará de existir depois da reforma.

 

 

 

Fundação Cultural

Gilberto Ronconi foi designado para a Diretoria de Eventos, junto a Fundação Cultural e vai responder pela Fundação. Com ele, Salésio Padilha, foi indicado para a gerência da Escola de Artes e do Teatro Marajoara.

Assessoria de Comunicação

Na comunicação o jornalista Paulo Chagas Vargas passa a ser o responsável pelo setor.

 

Fotos: Divulgação/Facebook

Muita atenção na 282 devido problema em ponte (Rancho Queimado)

​Cabeceira de ponte corre risco de ceder na BR 282 em Rancho Queimado

A Polícia Rodoviária Federal em Santa Catarina e o DNIT (Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes) alertam que a cabeceira da ponte sobre o Rio Bonito, no Km 68,5 da BR 282 em Rancho Queimado, corre risco de ceder em caso de chover forte novamente na região. Parte do acostamento, entre a pista e a mureta, já caiu e abriu uma enorme cratera.

 Na tarde de domingo (1), quando percebeu a gravidade da situação, a PRF sinalizou o local e imediatamente comunicou o problema junto ao DNIT, órgão responsável pela manutenção das rodovias federais. 

Nesta segunda-feira engenheiros estiveram no local e confirmaram a gravidade da situação. Em caso de fortes chuvas, a erosão pode aumentar e haverá necessidade de fechamento total da rodovia. 

Neste momento, o trânsito no km 68,5 da BR 282 está fluindo nos dois sentidos, mas com desvio lateral para aliviar o peso sobre o segmento onde o asfalto cedeu. A PRF e o DNIT reforçaram a sinalização noturna e estão monitorando constantemente o local. 
Recomendação

A PRF recomenda que os motoristas redobrem a atenção, diminuam a velocidade e, se possível, evitem passar pelo trecho, principalmente veículos de carga. As rotas alternativas passam pela BR 470, no Vale do Itajaí, e pela BR 101, no litoral do estado. 
Se chover forte nas próximas horas, não está descartada a interrupção parcial ou total da rodovia. Neste caso, veículos longos não terão espaço para fazer o retorno nas proximidades da ponte, devido à pista estreita.
Fonte: PRF/SC 

%d blogueiros gostam disto: