quarta-feira , agosto 23 2017
Home / Saúde

Saúde

Parcerias que salvam vidas em SC

Nessa quinta-feira, 17, em mais uma parceria inédita, a Polícia Civil, Polícia Militar e o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) uniram esforços através das equipes do Serviço Aeropolicial de Fronteira (SAERFron/Sara) e do Águia04/SAMU para realizar o transporte aeromédico de duas crianças.

Curitibanos para Chapecó

No primeiro atendimento realizado durante a manhã, a equipe do Águia04/SAMU realizou o traslado de uma criança de três anos com suspeita de leucemia, do município de Curitibanos até Joaçaba onde a paciente foi transferida para a equipe do SAERFron/SARA que efetuou o transporte final de Joaçaba até Chapecó.

Chapecó para Lages/Florianópolis

No segundo atendimento, ocorrido durante a tarde, a equipe do SAERFron/SARA realizou o traslado de uma criança com apenas sete dias de vida, portadora de má formação da traqueia, de Chapecó até nossa base em Lages. Daqui, juntamente com a equipe médica do SAMU, a paciente foi transportada até Florianópolis para internamento no Hospital Infantil Joana de Gusmão.

Essa parceria, que tem se tornado uma constante, vem trazendo ótimos resultados para a sociedade catarinense que pode contar com equipes altamente preparadas para realizar este tipo de missão especializada.

 

Com informações: 5ªCia/BAPM/Lages-SC

Especial para  #BM3 Comunicação Criativa

Dois anjinhos dos quadrigêmeos subiram aos céus

Era uma gestação de alto risco, principalmente pela vida pregressa da mãe Priscilla. Tanto que os quadrigêmeos vieram ao mundo prematuramente, no sábado, no sétimo mês. O menor nasceu com 700 gramas, um guri, enquanto os outros pesaram 1.190kg, 1.200kg e 1.420.

O Dr Heron comentou da luta dos quadrigêmeos para sobreviver, e que por incrível que possa parecer, o de menor peso (700gr), é o que tem mais chances de sobreviver.

Infelizmente na manhã desta quarta-feira o Dr Heron confirmou no programa do Daniel Goulart, na Rádio Clube, que dois eles haviam falecido, a Vitória e o menino maior.

A luta pela sobrevivência das duas crianças continua, pois elas permanecem na UTI Neonatal, com toda a assistência médica oferecida pelo Hospital Tereza Ramos e com o acompanhamento direto do Dr Heron Anderson de Souza.

Reveja a entrevista feita na segunda-feira:

Imagens: Marcelo Pakinha

Feijoada Beneficente para cirurgia negada pelo SUS

O SUS negou pedido da família para cirurgia de correção de um menino de 8 anos, que nasceu com Cliptorquidia Bilateral (ausência dos testículos na bolsa escrotal) e Hipospádia (má formação peniana).

Mas a família não desistiu e está em busca de recursos para fazer a cirurgia particular, só que o custo é alto. Por isso, os amigos estão promovendo uma Feijoada Beneficente.

Feijoada Beneficente

Data: 20 agosto, domingo

Local: Chácara Bom Jesus

Horário: a partir das 11h

Ingressos: 20,00 na Oficina da Música

Fone para contato: (49) 98869-0486

 

 

Apoio: #BM3 Comunicação Criativa

Lages precisa se mobilizar para ter Cardiologia no HTR

A diretora do Hospital Tereza Ramos, Beatriz Montemezzo foi a convidada para a reunião da Associação Empresarial de Lages (Acil), que tradicionalmente acontece às segundas-feiras

Na pauta a conclusão e inauguração do novo bloco do hospital, aparelhos para diagnóstico que estão sem uso e informações gerais sobre o atendimento no hospital.

Segundo Beatriz, o Hospital Tereza Ramos tem o serviço de imagem mais completo de Santa Catarina, podendo realizar exames como broncoscopia, biópsia, colonoscopia, endoscopia, mamografia, ressonância magnética, tomografia computadorizada, entre outros.

Falta o principal, a Cardiologia

O fato de Rio do Sul ser considerado referência em cardiologia, impede que o HTR realize exames e cirurgias cardiológicas, mesmo tendo condições para isso.

Falta se mexer

Beatriz pediu o apoio dos empresários para mudar essa realidade junto ao Ministério da Saúde, solicitando, junto a Secretaria de Estado da Saúde, autorização para realizar os procedimentos de cardiologia em Lages, bem como, uma quantidade maior de exames.

Obra dentro do cronograma

Parece que alguém vai desfilar pelado (?), pois a diretora informou que a obra do novo bloco está dentro do cronograma e está previsto para janeiro de 2018, a entrega para a comunidade catarinense.

UPA: nove meses para recuperar três anos de abandono

Prefeito Antonio Ceron assinou ordem de serviço para a execução do cronograma físico/financeiro da obra, que já deveria ter sido entregue à população há mais de três anos (2014)

O temor de que depois de pronta a UPA se transforme em um elefante branco, como tem sido visto em reportagens de outras cidades catarinenses não existe, disse Ceron na manhã desta quarta-feira, quando da entrega da Ordem de Serviço para que a Construtora Evoluta conclua o prédio em nove meses (março 2017).

Tamanho triplicado

E segundo o prefeito, o motivo é simples, pois diferente das outras cidades, Lages irá transferir o Pronto Atendimento Tito Bianchini para a nova UPA da Dom Pedro. E dos atuais 900m², vai aumentar o espaço em três vezes mais, para mais de 2.200m².

Insistência da secretária

Por isso mesmo a secretária Odila Waldrich tem sido insistente, tanto com o prefeito, quanto com o Ministério da Saúde, para que a obra não seja abandonada de vez e a prefeitura tenha de devolver os recursos já recebidos.

 

 

Imagens: Marcelo Pakinha e Milton Barão/#BM3

Prazo de nove meses para nova UPA ficar pronta

A Administração Municipal tem menos de um ano para concluir a Unidade de Pronto Atendimento – UPA, “sob risco de ter de devolver quase 2,2 milhões, por ineficiência ou incompetência como aconteceu”, alfinetou Ceron

Pronto Atendimento Tito Bianchini será desativado com a nova UPA

Assim, na próxima segunda-feira (31), às 10h30min, estará sendo entregue a Ordem de Serviço para que a Construtora Evoluta coloque seu exército de operários e construção seja inaugurada no prazo estipulado pelo Ministério da Saúde.

Desativação do Tito Bianchini

A partir do funcionamento da nova UPA da Dom Pedro, a Unidade de Pronto Atendimento Tito Bianchini será desativada. “O local não oferece mais as mínimas condições e nem mesmo pode ser ampliado”, destacou a secretária Odila Waldrich.

 

Foto: PML/divulgação

#BM3 Comunicação Criativa

UPA: O que não foi feito em 5 anos, agora deve ser em 239 dias

Ministério da Saúde concede novo prazo para conclusão da UPA. A obra pronta deveria ter sido entregue em dezembro de 2014

Agora é a hora da equipe de Ceron mostrar competência sobre aquilo que não foi feito em cinco anos. A Secretaria de Saúde de Lages recebeu nesta sexta-feira (21), a confirmação do Ministério da Saúde para prorrogação do prazo de construção da Unidade de Pronto Atendimento (UPA).

O parecer emitido através do Sistema de Monitoramento de Obras (SISMOB) autorizou um novo prazo de 239 dias para cumprimento do cronograma físico/financeiro da obra.

Agora a conclusão da obra está marcada para 17 de março de 2018. Então, vamos acompanhar e ver o que acontece…

ABUSO: 1.700 pessoas não comparecem nas consultas

Em junho, mais de 1.700 pessoas faltaram às consultas médicas agendadas nas Unidades Básicas de Saúde de Lages e sequer se deram ao trabalho de avisar para remarcar. Bem que o vereador poderia fiscalizar os motivos…

Esses dados são referentes apenas ao mês de junho, segundo a Secretaria de Saúde, que fez o levantamento nas 28 Unidades de Saúde.

Médicos à disposição

– Algumas pessoas se queixam da falta de médicos, mas todas as Unidades estão assistidas. Temos 49 equipes, a maioria com médicos da Família que cumprem jornada de 40 horas semanais, e alguns médicos de produção que atendem as Unidades que não possuem médicos efetivos.

– Por isso, estamos orientando as Unidades a expor em murais a quantidade de pacientes faltantes para conscientizar a população, afirma a gerente das Unidades Básicas de Saúde, Tatiane Matos.

Remarcação

Ela pede, ainda, que o paciente comunique, caso seja necessário desmarcar ou remarcar a consulta. “Por uma questão de respeito e sensibilidade, para não tirar a vaga de outras pessoas”, pondera.

 

Fotos: Toninho Vieira

Não podemos retroceder perdendo Central Regulação SAMU, diz Acil

Sadi Montemezzo disse que a Acil entende a importância da permanência da Central de Regulação em Lages e que irá reforçar o pedido junto ao governador

Não podemos perder algo tão essencial para o bom funcionamento do SAMU. Não podemos retroceder e sim continuar evoluindo. Contem com nosso apoio, declarou o presidente Sadi Montemezzo na reunião da Acil com a coordenadora do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência em Lages, Dra Ellen Neto de Souza.

A reunião foi na segunda-feira, 10, quando a entidade manifestou a preocupação com a mudança da Central, que será centralizada em Chapecó, sob alegação de densidade demográfica.

Amures

A Central de Regulação de Lages atende toda a região da Amures. Na região os atendimentos são realizados com Ambulâncias de Suporte Básico e de Suporte Avançado e também com o helicóptero Águia 4 da Policia Militar.

Dificuldades

A transferência da Central de Regulação para Chapecó, poderá dificultar o atendimento da equipe. “É necessário conhecer a região e saber das dificuldades para chegar até a ocorrência. Somente estando na região é possível definir se pode ser utilizada a ambulância ou se é necessário acionar o helicóptero Águia 4 da Policia Militar”, explicou Dra. Ellen.

 

Com informações: Comunicação/Acil

Fotos: Acil e 5ªCia/BAPM/Lages-SC

 

Processo seletivo tem 35 vagas no HTR

A Secretaria de Saúde de SC está comunicando que estão abertas, no período das 12h do dia 3 de julho de 2017, às 16h do dia 2 de agosto de 2017, as inscrições do processo seletivo simplificado destinado a prover vagas no nível inicial, nas funções de Técnico em Enfermagem e Enfermeiro.

Fepese

O processo seletivo simplificado será executado pela Fundação de Estudos e Pesquisas Socioeconômicos – FEPESE, da Ufsc.

Temporário

O Processo seletivo simplificado destina-se à seleção de profissionais para contratação temporária pelo período de doze meses, podendo ser prorrogada por uma única vez, pelo mesmo prazo.

Mais informações:

http://ses.fepese.org.br/?go=edital&mn=1151b3eab3b069d5112ccae1943307c4&edital=38

Velocidade do Águia04 ajuda a salvar vidas

Deslocamento da ambulância duraria cerca de 2h, porém graças a aeronave o tempo foi de menos de 20min, garantindo a estabilização

Na última sexta-feira (30), o Águia 04/SAMU realizo o transporte aeromédico de uma criança, com rebaixamento do nível de consciência e dificuldade respiratória, do município de Cerro Negro para Lages.

O transporte foi acompanhado pela equipe médica do SAMU que garantiu mais uma vez que todo traslado ocorresse sem intercorrências. Neste exemplo, o deslocamento convencional com uso da ambulância duraria cerca de 2h e com emprego da aeronave foi em menos de 20min, garantindo a estabilização com definição de via aérea definitiva.

Graças a esta parceria entre o SAMU e a 5ªCia/BAPM muitas vidas tem sido salvas, já que a aeronave pode levar uma UTI ao local do evento em pouco tempo, o que seguindo as equipes médicas, aumenta e muito as chances de vida dos pacientes.

Total de 38 pessoas nos Abrigos até o momento

Abrigo Habitação tem 35 pessoas, duas estão no Universitário e uma no Caça

Na noite de terça-feira, a enfermeira e Diretora de Atenção Básica da Secretaria de Saúde, Francine Formiga, e a médica da Família Janaína Carla de Souza estiveram no abrigo montado na Associação de Moradores do bairro Habitação.

Abrigo Habitação

O local já está abrigando 35 pessoas que começaram a chegar a partir da madrugada do último domingo (28). Entre os desabrigados, estão inúmeras crianças, uma idosa com problemas de hipertensão e uma gestante. Além do aferimento de pressão, avaliação de saúde sobre dores no corpo e infecção na garganta, também foram entregues fraldas para os bebês.

Abrigo no Universitário

Por volta das 21h desta terça-feira (30), mais um abrigo no bairro Universitário foi ativado. Até o momento, 38 pessoas desabrigadas já foram levadas para os abrigos. Com isso já estão em funcionamento três dos 30 abrigos mapeados na cidade.

Os telefones de Plantão da Defesa Civil são 199 / 98406 4037 /3222 9661

 

Fotos Marcelo Pakinha

Elizeu está com problema de próstata

Elizeu e seu fiel escudeiro Luciano Mortari em recente evento no Parque Conta Dinheiro

Quem está em tratamento de saúde é o ex-prefeito Elizeu Matos. Realizou consulta e descobriu uma doença na próstata e pelas informações reservadas, o Portal apurou que deve se internar nesta semana para novos exames.

Ficamos no aguardo de informação oficial

Da meta de 35 mil vacinas em Lages, ainda falta 15 mil

A unidade móvel do Bom Dia Lages (ImagemTV) esteve na manhã desta segunda-feira na Vigilância Epidemiológica, onde ouviu a diretora Juliana Barboza.

Pelos números apresentados ao repórter Jotta Damasceno, ainda é muito baixa a procura pela vacina contra a Gripe. Da meta de 35 mil doses aplicadas, até o momento foi atingido 19 mil, portanto faltando ainda cerca de 15 mil pessoas.

A diretora comentou que a maior demanda foi dos Idosos, que foram os que mais procuraram as unidades de saúde em seus bairros. “Porém ainda faltam muitas gestantes e crianças, principalmente, ressaltando que a vacinação vai somente até o dia 26 de maio”.

Unidade móvel do Bom Dia Lages

Jotta Damasceno e Marcelo Vargas

 

Secretário da Saúde veio a Lages explicar sobre Ala Portinari

Dos 800 funcionários do HTR, 166 estão fora do trabalho, por isso estamos contratando emergencialmente outros 30, para reabrir a ala, afirmou o secretário Caropreso

O setor de oncologia do Hospital Tereza Ramos não fechou e nem vai fechar. Faz cinco anos que a Ala Portinari passou para a maternidade. E, mesmo assim, nenhum atendimento foi comprometido e ninguém foi prejudicado.

A afirmação foi do secretário de Estado da Saúde, Vicente Caropreso, durante reunião no HTR na noite de terça-feira, para avaliar as conseqüências da informação do fechamento.

Falta de funcionários

A desativação temporária ocorre porque, de um total de 800 funcionários do HTR, neste momento 166 estão fora do trabalho, sendo que 100 deles, ou seja, mais de 60%, encontram-se em atestado médico pelos mais diversos motivos. Os demais estão em férias ou licença-prêmio.

Porém, o Governo do Estado já autorizou e fará nas próximas semanas um processo seletivo para a contratação de mais 30 técnicos de enfermagem, o que possibilitará a reabertura da ala.

 

Com informações: ADR/Pablo Gomes