domingo , Fevereiro 18 2018

Tortenhouse

 

SEMASA TOPO

 

posto sam rotativo

Home / Saúde (página 4)

Saúde

Secretário da Saúde veio a Lages explicar sobre Ala Portinari

Dos 800 funcionários do HTR, 166 estão fora do trabalho, por isso estamos contratando emergencialmente outros 30, para reabrir a ala, afirmou o secretário Caropreso

O setor de oncologia do Hospital Tereza Ramos não fechou e nem vai fechar. Faz cinco anos que a Ala Portinari passou para a maternidade. E, mesmo assim, nenhum atendimento foi comprometido e ninguém foi prejudicado.

A afirmação foi do secretário de Estado da Saúde, Vicente Caropreso, durante reunião no HTR na noite de terça-feira, para avaliar as conseqüências da informação do fechamento.

Falta de funcionários

A desativação temporária ocorre porque, de um total de 800 funcionários do HTR, neste momento 166 estão fora do trabalho, sendo que 100 deles, ou seja, mais de 60%, encontram-se em atestado médico pelos mais diversos motivos. Os demais estão em férias ou licença-prêmio.

Porém, o Governo do Estado já autorizou e fará nas próximas semanas um processo seletivo para a contratação de mais 30 técnicos de enfermagem, o que possibilitará a reabertura da ala.

 

Com informações: ADR/Pablo Gomes

Secretário Marião faz cirurgia de 7 horas

Na foto mais recente do secretário, durante a posse dos membros do Conselho de Turismo

Durante o horário dos partidos na sessão de segunda-feira (08), o vereador Vone Schurmann (PMDB) desejou pronto restabelecimento ao secretário de Desenvolvimento Econômico Mario Hoeller de Souza, o Marião. De acordo com suas informações, Marião passou por uma longa cirurgia no final de semana, que teve duração de mais de sete horas, para extração de um câncer.

Externamos nosso desejo de pronto restabelecimento ao caro amigo, secretário Marião. Saúde.

ATUALIZAÇÃO: Deputada Carmen continua hospitalizada

Neste sábado (6) pela manhã, a deputada Carmen Zanotto fez uma nova tomografia a qual apresentou contusão pulmonar e uma fratura na costela do lado esquerdo. Ela continua hospitalizada e sua previsão de alta é para domingo à tarde. No entanto, deverá ficar em repouso durante uma semana.

O acidente envolvendo a parlamentar aconteceu na tarde de sexta-feira, quando ela se deslocava de Florianópolis a Lages, na BR- 282 em Bocaina do Sul. A deputada e o seu assessor Ronaldo Duarte foram atendidos pelo SAMU e encaminhados ao Hospital Nossa Senhora dos Prazeres. O assessor já recebeu alta.

Agradecemos o pronto atendimento de toda a equipe do SAMU, bem como de todos os profissionais do hospital Nossa Senhora dos Prazeres.

Assessoria Deputada Carmen Zanotto.

Saúde não pode falar e tem de manter boca fechada

Desde que mudou o comando na Secretaria de Estado da Saúde, assumindo o secretário Vicente Caropreso (PSDB) e o adjunto André Bazzo, a ordem é “boca fechada”.

Seria bem mais fácil a comunicação direta, como acontecia anteriormente, onde havia liberdade para informação e, por consequência, a população sabia o que acontecia dentro das unidades hospitalares.

Informações no HTR

Na tarde desta quinta-feira, por exemplo, o vereador David Moro (PMDB) foi até a direção do Hospital Tereza Ramos, para questinar sobre reclamações de pacientes. As queixas eram de que novamente o tomógrafo está quebrado e ainda tem falta de medicamentos para tratamento de câncer.

O que o vereador ouviu deixa qualquer cidadão boquiaberto. Porém ele preferiu não relatar, até mesmo para não haver represálias por parte dos secretários.

Lamentável…

Águia4, na missão de salvar vidas

A equipe do SAERFron/SARA da Polícia Civil e Águia04/SAMU, uniram esforços em mais uma missão importante: salvar a vida de um paciente de 69 anos, portador de cardiopatia grave.

A missão ocorreu da seguinte forma: a equipe do SAERFron/SARA, com base na Cidade de Chapecó, trouxe o paciente até Lages onde a Equipe do Águia4, com todo apoio da equipe médica do SAMU, conduziu o mesmo até o Instituto do Coração, no município de São José.

Com informações: Cabo Leandro Rambusch/5ªCia/BAPM

Águia4 atende acidentado obras da BR 116

A equipe de socorristas da Autopista Planalto Sul solicitou apoio do Águia 4 para prestar apoio no transporte de uma vítima de queda de nível em Ponte Alta, com fratura no fêmur direito e suspeita de fratura na costela direita.

A vítima foi estabilizada pelos socorristas da Autopista e conduzida pelo Águia 04 até o Hospital Hélio dos Anjos Ortiz em Curitibanos, com quadro de saúde estável.

Parceria

A Unidade do Batalhão de Aviação mantém parceria com a Autopista Planalto Sul no atendimento de ocorrências que envolvam resgate e salvamento, já que a BR116 possui grande fluxo de veículos na região.

Recentemente sua equipe de socorristas passou por treinamento para padronização no atendimento de ocorrências que envolvam o emprego da aeronave.

 

Com informações: 5ªCia/BAPM/Cb Rambusch

Semana para crianças e gestantes se vacinarem contra gripe

A vacina protege contra os três subtipos do vírus da gripe que mais circularam no país: A/H1N1; A/H3N2 e influenza B

Semana passada teve início a Campanha Nacional de Vacinação Contra a Influenza, e desde então os lageanos tem formado filas nas Unidades Básicas de Saúde e na Vigilância Epidemiológica para receber a imunização gratuitamente.

Idosos acima 60

A campanha segue até 26 de maio e na primeira etapa foram imunizados o grupo prioritário composto por idosos acima de 60 anos e portadores de doenças crônicas e outras doenças que comprometam a imunidade.

Nesta semana as crianças e gestantes

Já nesta semana, desde segunda 24, seguem os demais integrantes do grupo, com crianças de seis meses as menores de cinco anos de idade, gestantes, puérperas (mulheres que estão no período de até 45 dias após o parto), profissionais da saúde, pessoas privadas de liberdade e funcionários do sistema prisional e professores de escolas públicas ou privadas.

Horário nos postos

O horário de funcionamento das Unidades Básicas é das 8h às 12h e das 13h às 17h e na Vigilância das 8h às 18h (sem fechar ao meio-dia), nas duas primeiras semanas de campanha.

Prevenção

A vacina protege contra os três subtipos do vírus da gripe que mais circularam no país: A/H1N1; A/H3N2 e influenza B. A orientação é de que os grupos prioritários devem se vacinar todos os anos, já que a imunidade contra os vírus cai progressivamente. Além disso, o vírus da gripe passa por mutações frequentes.

Reforço contra Hepatite

A gerente da Vigilância Epidemiológica de Lages, Sumaya Furtado Pucci, enfatiza que além da vacinação contra a gripe, também estão sendo realizadas vacinas de reforço principalmente contra o tétano e hepatite B, colocando o calendário de vacinas da população em dia.

Fotos: Jotta Damasceno, especial para Bom Dia Lages

Poder Legislativo pede ao Governo segundo curso Medicina

Câmara entrega ofício de apoio à implantação do curso de Medicina da Unifacvest

 A presidente da Câmara, vereadora Aida Hoffer (PSD), juntamente com o vereador Jean Pierre (PSD), entregaram ofício que manifesta apoio e interesse do Legislativo Lageano na implantação do curso de Medicina na Unifacvest.

Governador

O secretário da Agência de Desenvolvimento Regional, João Alberto Duarte, recebeu o documento assinado por todos os vereadores que compõem a 18ª Legislatura e deverá encaminhar ao governador Raimundo Colombo (PSD).

Impacto na Saúde

O Centro Universitário Unifacvest foi criado em 2001 e dispõe de 33 cursos e habilitações, oferecendo mais de quatro mil vagas no ensino superior. De acordo com o ofício, essa implantação representará um significativo impacto no desenvolvimento e na assistência à saúde dos habitantes de toda a região serrana, bem como na qualidade de vida dos jovens, que não mais precisarão se afastar daqui, nem fazer sacrifícios enormes para cursar uma faculdade de medicina fora da cidade.

 

Fotos: divulgação

Por que Estado deixou de pagar exames do coração, questiona vereador

Perguntas sobre o cancelamento dos exames de cateterismo pelo Governo do Estado

A informação de que o Governo do Estado não está mais pagando pelos exames de cateterismo (usado para diagnóstico ou tratamento de várias condições cardíacas) em Lages motivou o requerimento do vereador David Moro.

Cinco anos

– Fazia cinco anos que o Estado pagava pelos exames ao Hospital Nossa Senhora dos Prazeres, mas o repasse simplesmente foi cancelado sem nenhuma informação prévia aos pacientes. A mesma situação aconteceu no convênio com a Cardiolages, o que indignou a população que depende da liberação desses exames, destacou o vereador.

Questionamentos para secretário

Encaminhada ao secretário de Saúde de Santa Catarina, Vicente Caropreso, ao diretor financeiro do HNSP, Fábio Lage, e ao executivo da Agência de Desenvolvimento Regional, João Alberto Duarte, a matéria indaga:

  1. Por que o Estado parou de realizar o pagamento desses exames depois de 5 anos?
  2. Existe alguma previsão para que estes exames voltem a ser feitos pelo Estado?
  3. Qual procedimento está sendo adotado para informar e tratar os pacientes que se encontram nessa situação? Ou esses exames serão passados para o Sistema Único de Saúde – SUS?

 

Foto: Assessoria Câmara

Secretária Odila recebeu alta do hospital

Secretária Odila Waldrich recebeu alta na tarde deste sábado. Segundo informações da Comunicação Social da Prefeitura, Odila ainda sente algumas dores mas está bem no geral. O médico recomendou descanso. A expectativa é de que ela retorne já na segunda-feira ao trabalho.

ATUALIZAÇÃO: secretária de Saúde permanece hospitalizada

O vice-prefeito Juliano Polese está acompanhando a situação da secretária municipal de Saúde, Odila Waldrich, que junto com o motorista, sofreram um acidente na BR 282, localidade de Pessegueiros, na noite de quinta-feira.

Por conta do capotamento do veículo, a secretária sofreu luxações e ainda sente fores dores. Ela permanece internada no Hospital Nossa Senhora dos Prazeres, onde os médicos aguardam o resultado dos exames. Já o motorista foi atendido e liberado, tendo retornado para sua residência.

Eles retornavam da Capital do Estado, e segundo informações da PRF, um segundo veículo acabou rodopiando na pista e bateu no veículo da secretaria, provocando seu capotamento.

 

Foto: reprodução facebook

Falta de medicamentos no HTR em discussão na Câmara

Foi só trocar de secretário de Estado da Saúde e mais a saída do diretor financeiro, que pediu exoneração, para os lageanos sentirem na pele o péssimo tratamento. Assunto foi discutido na Câmara

A preocupação com a falta de medicamentos para o tratamento de quimioterapia aos pacientes com câncer e também aos pacientes que dependem de hemodiálise motivou o requerimento do vereador David Moro.

O documento foi apresentado na sessão de segunda-feira e relata que o Hospital Tereza Ramos (HTR) vem enfrentando problemas devido à falta de medicamentos para o tratamento dessas patologias.

Com o objetivo de obter respostas sobre a ausência dos remédios na unidade hospitalar, a matéria recebeu aprovação plenária e será encaminhada ao secretário de Saúde do Estado, Vicente Caropreso, à diretora do hospital Beatriz Montemezzo, e ao secretário da Agência de Desenvolvimento Regional, João Alberto Duarte, que poderão esclarecer as seguintes dúvidas sobre o assunto:

  1. Existe alguma licitação que trate sobre a aquisição destes medicamentos com urgência?
  2. Se sim, qual a previsão para que estes medicamentos estejam disponíveis no hospital?
  3. Qual procedimento está sendo adotado para informar e tratar os pacientes que se encontram nessa situação?

 

Fotos: Deise Ribeiro/Câmara de Lages

Águia4 e SAMU unidos para salvar mais uma vida

Desta vez a Missão foi conduzir um paciente de 62 anos de idade com infarto agudo do miocárdio de Lages para Rio do Sul, referência neste tipo de atendimento

Com todo suporte médico e excelência profissional da Equipe Médica do SAMU, a missão foi cumprida com êxito e o deslocamento deu-se sem nenhuma interferência.

“Atualmente contamos com um Projeto de Cooperação Técnica que encontra-se na Secretaria do Estado da Saúde para viabilização da disposição de uma Equipe Médica do SAMU com todo equipamento necessário ao suporte à vida de modo permanente em nossa Unidade.

Se tudo der certo, logo teremos maior agilidade no atendimento médico avançado expandindo ainda mais nossa gama de atividades uma maneira inteligente do uso do dinheiro público já que com uma única aeronave e pessoal já capacitado, já se atendem ocorrências policiais, médicas, fiscalização ambiental, combate a incêndio, resgate, salvamento, buscas, transporte de tropas, transporte de órgãos, e quem ganha com tudo isso é a comunidade”, destaca o comandante Tenente Coronel Luiz Eduardo Ardigó.

Com informações: Leandro Rambusch

Cb PM/5ªCia/BAPM

Odonto da Unifacvest inicia atendimento à população

A Unifacvest acaba de implantar o serviço de atendimento odontológico. O segundo melhor centro universitário do país montou uma megaestrutura com equipamentos de última geração para oferecer conforto e qualidade ao público. O Consultório Odontológico fica no campus Unifacvest Saúde (Rua Jerônimo Coelho, 375).

Segunda a sexta-feira

Os atendimentos são feitos por acadêmicos do curso de Odontologia, de segunda a sexta-feira, das 8h às 22h, sob a supervisão do coordenador e mestre em Dentística, Lessandro Machry. “A estrutura possui o melhor e mais moderno aparato de equipamentos para proporcionar um atendimento de qualidade e um resultado excelente”, diz Lessandro.

Serviços oferecidos

A relação de serviços ofertados inclui restauração, profilaxia, endodontia, cirurgia e prótese. Os clientes só pagam os custos dos materiais utilizados nos respectivos tratamentos. Os agendamentos devem ser feitos no próprio local.

 

Com informações: Comunicação/Unifacvest

Bom Dia Lages pede para deputados por mais Medicina

Assim como os vereadores, que assumiram compromisso de incluir Lages na lista do Ministério da Educação para ter mais um curso do Medicina (Passo Fundo, no RS, tem três), o programa Bom Dia Lages entrou nessa luta

Nossos representantes

O pedido foi feito no programa, para os dois deputados estaduais – Fernando Coruja  (PMDB) e Gabriel Ribeiro (PSD), já que Coruja é médico e Gabriel é filho de médico; bem como para a deputada federal Carmen Zanotto (PPS), que integra a Comissão de Saúde.

Dos 44 pedidos, 42 do Nordeste

Para se ter dimensão da força política, na listagem de agosto passado tinha 44 cidades, das quais 42 eram do Nordeste. Ou seja, basta que os deputados sejam mais interessados, que atendam aos pedidos da comunidade, pois não apenas Lages irá ganhar com mais um curso, mas toda a Serra Catarinense. Nossos representantes precisam acionar a Bancada Parlamentar Catarinense em Brasília, precisam acionar os ministérios da Saúde e da Educação. Somente assim o Ministro irá saber que Lages está reivindicando.

Eu tenho a força

A lista das cidades interessadas será divulgada no final do mês de abril, e se Lages não estiver nela, saberemos que não temos força nenhuma…

%d blogueiros gostam disto: