domingo , agosto 20 2017

Deslizamentos comprometem residências Morro Grande

Dentre as áreas de maior risco na cidade estão as encostas do Morro Grande, onde tem muitas residências praticamente posicionadas junto ao morro.

E com o solo encharcado, acontece o processo de delizamento de terras, e por conseqüência, atingindo essas residências, como aconteceu na Rua Frei Silva Neiva, onde a Defesa Civil retirou as famílias, levando para o abrigo, e interditando as casas.

Em uma das residências (n° 101), de Eva Maria da Luz, o deslizamento de terras.

Na segunda residência, o volume de terras foi tão grande que acabou provocando rachaduras nas paredes, com comprometimento total, segundo técnicos da Defesa Civil.

Fotos: Defesa Civil/divulgação

Atualização: segunda/10h30 – rastro de lama na Humberto de Campos

Depois que a água baixou, resultado de um domingo de chuva, moradores da Rua Humberto de Campos, no Sagrado, se muniram de coragem para a limpeza.

Empresas, residências, tudo foi invadido pela água, que hoje se mostrou um lamaçal difícil de limpar. Mas com disposição, com força e coragem, tudo vai ficar como novo.

#forçalages

Fotos: Marcelo Pakinha

Atualização estradas: BR 282 interdição total em Bom Retiro e A.Wagner

BR 282 com veículos parados em Santa Clara, devido interdição total em Bom Retiro e Alfredo Wagner

 

BR-282, km 137, em Bom Retiro – INTERDIÇÃO TOTAL – alagamento de aproximadamente 1 metro de altura.

 

BR-282, km 231, em São José do Cerrito (Trevo Salto Caveiras) – INTERDIÇÃO SENTIDO OESTE

 

BR 282, km 325, em Campo Novos (Trevo com a BR 470) – INTERDIÇÃO SENTIDO LESTE

 

BR-282, km 253, em São José do Cerrito – queda de barreira (grande volume de terra e pedras)

 

BR 282, km 273, em São José do Cerrito – asfalto cedeu (degrau na pista de aproximadamente 15 cm)

 

BR-282, Km 280, em São José do Cerrito – alagamento (cerca de 1,5m de água sobre a pista)

 

Atenção para dois novos pontos de interdição:

BR 282, km 98, em Alfredo Wagner. FOTO PRF

BR 282, km 79, em Rancho Queimado (Alto da Boa Vista) – INTERDIÇÃO PARCIAL – queda de barreira, uma pista interditada. Veículos passam alternando o sentido.

 

BR 282, km 98, em Alfredo Wagner – INTERDIÇÃO TOTAL – queda de barreira (árvores e terra sobre a pista).

BR 282, km 137, em Bom Retiro – Foto: PRF

Com informações: PRF/SC

Fotos: Twitter/PRF SC

Atualização: Segunda-feira (05/06) / 08h – Rastro de lama na cidade

Boletim Defesa Civil – Segunda-feira (05/06) / 08h00min

Abrigados

Pessoas nos abrigos disponibilizados pela Defesa Civil:

60 – Associação de Moradores do bairro Guarujá (lotado)

60 – Sede de Campo do Pinheirinho – na BR 282

10 adultos e 10 crianças – Ginásio Jones Minosso, no bairro Universitário

30 – Associação de Moradores do bairro Ferrovia

Abrigos que ainda estavam ativos e habilitados desde as chuvas da semana passada

16 adultos e 18 crianças – Associação de Moradores do bairro Universitário

55 – Associação de Moradores do bairro Habitação

16 – Associação de Moradores do bairro Caça e Tiro

Chuva: 172 mm

Acumulado de chuva nas últimas 24 horas – 172 mm

Rio Carahá: 5,92 m

Rio Carahá – 5.92 metros acima do nível normal

Bacia Rio Caveiras

Preocupação é com o represamento do Rio Caveiras, fato que contribui para aumentar o nível do Rio Carahá. Portanto, se mantém o cenário de risco de movimentos de massa, com possíveis deslizamentos em locais com  residências construídas próximas a encostas e aterros. Perigo também de quedas de fragmentos rochosos.

Rastro de lama

A água que cobriu diversos pontos ao longo da margem do rio Carahá, baixou. No entanto, o alerta aos motoristas é para que tomem cuidado e evitem passar nas regiões próximas ao Fórum e ao Bar do Gordo, e também na Av. Duque de Caxias, entre outras regiões, pois, há muita lama e areia sobre a pista.

Defesa Civil

Contatos com a central de atendimento da Defesa Civil que funciona no segundo piso do Terminal Rodoviário, ou então pelos números 199 ou (49) 98406-4037.

Informações: Defesa Civil

Imagens: Keltrin Wendland, Jotta Damasceno, Marcelo Pakinha

 

Rio Carahá volta ao normal e deixa rastro de lama

Nas imagens feitas por volta de 7h da manhã desta segunda-feira, apontam que as águas do Rio Carahá voltaram ao normal, como também na Avenida Duque de Caxias. 

O que resta agora é um rastro de lama. Essa situação triste e desesperadora também acontece em centenas de residências que foram atingidas pelas águas da chuva de domingo. 


.
Fotos: keltrin Wendland e Edson Varela 

​Atualização: Defesa Civil – Segunda-feira 05/06 / 4h

O prefeito Antonio Ceron já assinou o Decreto de situação de emergência, devido aos estragos causados pelas chuvas, na quinta-feira da semana passada. 

Chuva de 140.4 mm

Acúmulo de chuva nas últimas 24 horas, de acordo com o Centro Nacional de Monitoramento e Alertas de Desastres Naturais (Cemaden) – 140.4 mm

Carahá atinge 5.84 m

Nível do rio Carahá – 5.84 metros acima do nível normal

Desabrigados 

As equipes estão contabilizando o número de pessoas nos abrigos

Rede de Solidariedade 

A população está sendo bastante solidária neste momento que assola o município. Muitas pessoas então emprestando veículos utilitários e barcos particulares para o resgate dos desabrigados.
Atendimento Defesa Civil 

A central de atendimento da Defesa Civil funciona no segundo piso do Terminal Rodoviário, ou então pelos números 199 ou (49) 98406-4037. 

A Defesa Civil também está recebendo reforço e apoio do Corpo de Bombeiros, Samu, Polícia Ambiental e Militar, Policia Civil, com colaboradores, equipamentos e barcos para o resgate.

Fotos: Guilherme Peretti 

Torcedores do Inter atingidos por barreira no retorno 


Torcedores do Inter (e integrantes da Fúria Jovem) que foram a Novo Hamburgo ver o time neste domingo passaram um susto enorme na volta pra casa: o carro em que estavam foi atingido por um deslizamento de terra na estrada. 

Com muita terra e lama debaixo do veículo após o deslizamento, o condutor já não tinha mais controle da direção. Os torcedores agiram com rapidez e deixaram o carro para evitar coisa pior. 

Felizmente, nenhum deles se feriu. Houve apenas danos materiais. Os torcedores já estão em Lages.
Com informações: inter de Lages

Foto: Vantuir Rech

Campanha do Cobertor: Doe um

A partir desta segunda-feira, dia 05, a Secretaria de Planejamento e Obras estará também recebendo doações de cobertores ou roupas, principalmente para crianças.
A Secretaria fica na rua Aristiliano Ramos, nr 100, bem no Centro, ao lado da Oi. 

Todas as doações serão encaminhadas à Defesa Civil municipal que fará as doações aos que mais necessitarem. 

Atualização 22h: Duque igual a um rio

A avenida Duque de Caxias virou um rio. A situação se complicou na parte da noite, depois que o Rio Carahá transbordou e as águas pluviais não tinham para onde escoar.

O vídeo abaixo mostra um veículo seguindo no sentido Centro/Batalhão, porém teve de entrar na Rua Getúlio Vargas, em direção ao Dnit.

Imagens: Noticias RZ 

Atualização 19h: águas do Carahá sobre ponte Terminal

Nas imagens de Anderson Liz, a situação na ponte do Terminal, onde as águas do Rio Carahá passaram por cima. Ressaltando que a Defesa Civil já interditou o trecho entre a ponte da Sempre Verde (Petrópolis) até a ponte da Avenida Presidente Vargas.

Mesmo com essa interdição ainda é grande o número de veículos circulando, e lamentavelmente muitos curiosos.

Atualização: 18h30 / ônibus Transul não consegue chegar Terminal

O ônibus da Transul não pode chegar ao seu destino – o Terminal Urbano, e ficou parado na pista esquerda (sentido Bar do Gordo/Terminal).

Prudentemente o motorista não quis arriscar a passar pela ponte do Terminal, já que as águas do Rio Carahá estavam passando sobre ela.

Atualização 18h: Avenida Carahá interditada a partir ponte Sempre Verde

ATUALIZADO ÀS 18h – Informações da Defesa Civil dão conta da interdição das duas pistas da Avenida Belizário Ramos, desde a ponte da Sempre Verde  (Petrópolis) em direção ao Fórum

Devido as fortes chuvas durante todo o domingo, o Rio Carahá saiu da caixa em pontos que dificilmente acontecia, como entre as pontes da Sempre Verde e Acil.

Nos registros fotográficos de José Remi Regianinni feitos entre a Acil e o Terminal Urbano, próximo da Associação dos Aposentados, a situação complicada e o tráfego interrompido, pois o rio tomou conta da avenida.

Ponte da Frei Gabriel

Em novo registro feito da Avenida Belizário Ramos feito por Carol Cobetti Nunes, a situação se complica à medida em que a noite chega.

Fotos e imagens: Zé Remi e Carol Gobetti Nunes