Sob alegação de que a sogra do vice Juliano Polese tem uma empresa e que vendeu para o Município (?), o vereador Jair achou que era motivo para pedir o seu impeachment.

Foi motivo de boas gargalhadas na cidade por ser tão pueril, pois se tornou um Midas ao contrário, ou seja, tudo que toca não dá certo. A mais recente foi a multa aplicada pelo Juiz, por ter falado o que não sabia a respeito dos cartões corporativos.

O fato curioso na votação de terça-feira foi o voto contrario do vereador Lucas Neves, do mesmo partido do vice. Há quem diga que estão de “mal e pra sempre”…

#BM3ComunicaçãoCriativa

1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here