O vereador Jair da Costa Teixeira Junior recorreu a Turma de Recurso (espécie de Tribunal Regional), ante a sentença que o condenou ao pagamento de danos morais para Antônio Cesar Alves de Arruda.

No entanto, seu advogado, DEVERIA, mas não recolheu o preparo que representa as custas para o conhecimento do recurso.

Isso posto,

Deixo de receber o recurso, porquanto deserto, nos termos do art. 54, parágrafo único, da Lei 9.099/95.

Certifique-se o trânsito em julgado da sentença.

Intime-se, após arquive-se.

Lages (SC), 25 de setembro de 2018.

Alexandre Karazawa Takaschima

Juiz de Direito

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here