Compartilhe

Passada a emoção do primeiro turno das eleições 2018, evidentemente que o foco se dirige para 2020, no Paço. E no vai da valsa, os “menudos” se preparam para a disputa

Reeleição

Diante do resultado das urnas, pelos lados do Paço, tudo gira em torno da decisão de Ceron em disputar uma reeleição ou não. Por sinal na última coletiva alguém perguntou sobre isso e o Alcaide respondeu com uma metáfora, ou seja, ainda não se decidiu…

Palavras ao vento

Em caso de Ceron não ir, o quadro seria de renovação total, tanto no grupo da Administração, quanto pela Oposição. E não adianta dizer que vai cumprir o mandato de deputado para o qual foi eleito (a), pois são apenas “palavras ao vento”.

Menudos

E nãos é difícil encontrar pretendentes em ambos os lados, já que o PSD tem uma carta na manga – Samuel Ramos, enquanto o PP tem Lucas Neves. Não é diferente na Oposição, que tem Carmen Zanotto e Marcius Machado.

Carmen e Marcius

Carmen tem o legado de duas eleições vitoriosas e chegou a ser cotada para vice do MDB, mas abriu mão, para no caso de não se eleger, ser secretária de Estado. Marcius tem uma derrota atravessada na garganta e sua eleição para deputado dá esse credenciamento.

Lucas e Samuel

Lucas tem se mostrado o “menino rebelde”, que se o partido não lançar, percebe-se que sairia sozinho. Já Samuel é o “garoto de ouro” de Ceron, visto como o secretário que resolve tudo e há muito está sendo preparado como o “coringa” do PSD.

Quem viver, verá

 

 

#BM3ComunicaçãoCriativa

1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here