Compartilhe

Muito mais que o fato de Bolsonaro ter dois palanques em SC é o descarte que o eleitor catarinense deu no MDB de Mauro Mariani. É tanto que deixou viúvas inconsoladas…

Respeito

Jair Bolsonaro não vai interferir no processo eleitoral em SC porque respeitou a decisão de Gelso Merisio no 1º turno que foi dado a seu favor. A iniciativa mostra que Carlos Moisés está fora de qualquer leitura de competência administrativa.

Acerto

Embora Carlos Moisés busque se apresentar ingenuamente, dando ares de humildade e que não quer o apoio de ninguém, mostra bem seu nariz empinado. Mas às escondidas, está fazendo conchavo com o MDB para vencer.

Real

O bombeiro Moisés vai ter que beijar a mão do MDB para vencer o pleito. O mesmo partido que ele derrotou no 1º turno. Embora a reunião dos ulyssistas foi de liberar o partido, já estão apoiando o PSL no anti-Merisio. Não aceitaram a derrota.

Acordo

O MDB não vai estender a mão para Carlos Moisés de graça. Perdeu no 1º turno e sabe que o comandante, incompetente para administrar, vai orientar sua gestão. Não que apenas um apoio, mas garantir o comando do Estado.

Impurezas

O PSL não tem como governar SC porque não tem gente suficiente. Vai ter que beijar a mão do MDB que ajudou a derrotar. Vai afirmar que não, mas só, não ganha. E vai ter que fazer grandes acordos dentro da Alesc. Começou a se sujar.

Com a colaboração: Marcos Schettini/LêNotícias

#BM3ComunicaçãoCriativa

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here