Foi publicado no último dia 18, porém a imprensa do estadual ficou completamente muda, talvez por algum motivo especial, sei lá…

Foi mais uma do Governo Estadual na licitação para os serviços do SAMU início do ano, sem que se desse a devida publicidade legal para um contrato de nada mais, nada menos que R$ 120.000.000,00. Apenas uma empresa participou, e evidentemente, levou.

A desclassificada entrou com mandado de segurança, cujo mérito está sendo analisado no mérito, o qual determinou o cancelamento do edital.

Mais prejuízos para todos os catarinenses, feitos pelo governo Eduardo Pinho Moreira (MDB).

 

 

#BM3ComunicaçãoCriativa

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here