A Justiça Eleitoral tem se mostrado extremamente ágil e em sintonia com as novas tecnologias. Exemplo disso é a biometria, que faz uso do sistema de impressão digital do IML

e-Titulo

Mas o avanço vai mais além, com o e-título, um aplicativo para celulares, que dispensa o documento com foto que era a exigência para votar.

Comprovante

O aplicativo também permite ao eleitor emitir a certidão de quitação eleitoral, além da certidão de crimes eleitorais. Essas certidões são emitidas por meio do QR Code, o que possibilita a leitura pelo próprio celular.

 

 

#BM3ComunicaçãoCriativa

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here