Os casos de violência contra a mulher tem aumentado consideravelmente, seja em Lages, no Estado ou no país.
Os dois últimos casos foram do assassinato da companheira, com o corpo enterrado no quintal da residência, no Guarujá, e o de tentativa de homicídio, dentro do ônibus da Transul, no bairro São Miguel.

E nesse sentido a Secretaria de Politica para a Mulher tem feito um trabalho em silêncio, como a situação exige. Porém a manifestação de hoje, na Catedral, foi para que as mulheres tomem conhecimento e que tem gente cuidando desse problema.

A Secretaria Municipal de Política para a Mulher e Assuntos Comunitários compete:

Assessorar o Chefe do Executivo e demais Órgãos em atividades do Município, relativo aos assuntos sobre a Política Pública para mulheres vítimas de violência.

Coordenar a implementação de ações, convenções e outros congêneres assinados pelo Município.

Manter canais permanentes de relações com movimentos sociais de mulheres e outros seguimentos da sociedade civil, em articulação com o Conselho Municipal dos Direitos da Mulher.

Coordenar os assuntos comunitários, intermediar a relação com as associações de moradores, clubes de serviço e demais entidades beneficentes.

#BM3ComunicaçãoCriativa

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here