Compartilhe

Ainda não um ramal daquele gasoduto que vem da Bolívia e distribuído no Estado pela SCGÁS, mas a cidade finalmente ganha sua rede para atender comércio, indústria e residências

O projeto da SCGÁS em Lages consiste na construção de um trecho de gasodutos desconectado da rede principal, que pode ser abastecido por veículos que transportam o gás natural comprimido ou líquido até o local de distribuição.

25km de rede

Ao todo, devem ser implantados aproximadamente 25 quilômetros de gasodutos, com um investimento de R$ 11,3 milhões.

Até dezembro

Até o fim deste ano, a expectativa é que a rede esteja implantada nas ruas Bruno Luersen, Rodolfo Floriani, Avenida Edésio Caon e Avenida das Torres.

Dom Pedro II

O restante da primeira etapa do projeto – que totaliza 11,8 quilômetros de rede – deve ser concluído até o meio de 2019, com a construção de gasodutos na Avenida Presidente Vargas, na Rua Major Bibiano Rodrigues de Lima, na Avenida Luiz de Camões e na Avenida Dom Pedro II.

A segunda parte do projeto resultará na construção de mais 13 quilômetros de rede e ainda não tem cronograma definido.

Consumidores

Uma estimativa inicial de mercado feita pela SCGÁS identificou que três indústrias, 167 estabelecimentos comerciais, 476 unidades residenciais e três postos de GNV podem ser atendidos inicialmente após o término das duas etapas das obras.

Com informações: Ascom/SCGÁS

Fotos: Ro7 Fotografias

#BM3ComunicaçãoCriativa

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here