Acabou sobrando para a prefeitura, e por consequência, para os munícipes, mais uma dívida de alto valor. Algo na ordem de 6 milhões, mas que reajustada, chega a 10 milhões

Esqueleto

Esse é o valor do terreno da Sinotruck, no Distrito Industrial de Índios, e que seria destinado à montadora chinesa de caminhões, “mas que acabou se transformando mesmo em um esqueleto, que não sabemos o que fazer”, afirmou o prefeito Ceron, na coletiva deste dia 21 de dezembro.

Negociação

Havia uma negociação articulada com Governo do Estado e Epagri, onde a empresa receberia o terreno, em troca de acertos financeiros entre Prefeitura e Governo do Estado. “Porém há dois meses as tratativas não evoluíram, isso sem falar na troca de governo”, afirmou o prefeito.

Dívida

O terreno havia sido pago pela SC-Par, no valor de 6 Milhões. sendo que o município pagaria em 96 parcelas (ainda não pagou nenhuma). Hoje a SC-Par pede 10 milhões e a proposta da prefeitura é de pagar em 180 meses, através de desconto no ICMS. (essa proposta depende de aprovação do governador Moisés).

#BM3ComunicaçãoCriativa

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here