Recém tinha aberto prédio do Ministério Público na manhã desta terça-feira (15), e o vereador estava lá, para protocolar denúncia contra Ênio do Vime, pelo fato de ocupar cargo comissionado e ser presidente da Associação de Moradores do Santa Mônica, e ainda o fato da sua esposa Marivane estar lotada na mesma secretaria. Isso configura nepotismo disse o vereador em suas redes sociais (cópia).

MP não vê nepotismo

Em 19/12/2018, o MP entrou com ação direta de inconstitucionalidade contra o artigo da Lei Orgânica que veda a contratação de comissionados que sejam membros de associações. Ou seja, para o MP é inconstistitucional a vedação de contratar membro de associação de bairros, caso da esposa do Ênio e que o vereador alegou junto ao MP como ilegalidade.

#BlogdoBarão

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here