Será que um heliponto vai ajudar a salvar vidas, ou a prioridade poderia ser investimentos na UTI, na farmácia ou em outras necessidades do hospital, já que tal obra vai diminuir em 5min o tempo resposta no deslocamento?

Não tenho números em mãos sobre o número de voos de helicóptero para atendimento naquele município, que são transportados para atendimento no local ou fora dele.

Benefícios?

Alguém vai questionar dizendo que o hospital não está gastando, pois, os recursos foram viabilizados através de parceria com a Enercan. Mas é justamente o mal aproveitamento dos recursos que causam espanto.

Afinal, o tempo de voo entre Lages e Anita Garibaldi é de 30 minutos, em casos de atendimento, diminuirá cerca de 5 minutos, ou seja, um heliponto para esse ganho, sendo que os recursos poderiam ser muito melhor usufruídos se fossem aplicados na reforma da cozinha, da enfermaria, da UTI.

E para completar, será que não tem um campo de futebol em Anita onde os helicópteros possam aterrissar?

Fotos: Correio dos Lagos

#BlogdoBarão

Compartilhe

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here