Para a Unifacvest, um ovo e um quilo de farinha são preciosos demais para ser desperdiçados em um ato insano e despropositado como o trote, que expõe em situação constrangedora quem inicia, justamente, o rito de passagem mais inteligente da sua vida: o ensino superior.

Pão na mesa

“Com ovos e farinha fazemos pães, massas e impedimos que uma geração de crianças jamais tenha que passar por um dos atos mais cruéis: ter fome. Faz anos que o trote é passível, ao autor, de expulsão perpétua da nossa Universidade.

Grupo Coração de Leão

A partir de segunda-feira (25) lançamos o Trote Solidário para todo o mês de março, com a Ação Cidadã do Grupo Coração de Leão, formado pelos funcionários da Unifacvest, que adotou dezenas de famílias do bairro Morro Grande, no entorno da Fazenda Escola em Lages.

Com todos os acadêmicos e cursos envolvidos, no mês de abril ofereceremos, na Fazenda Escola, um dia de atividades educativas, cidadãs e de celebração, com entrega de alimentos, chocolates de Páscoa envolvendo todas as famílias cadastradas com a nossa comunidade acadêmica”, diz o reitor professor Geovane Broering.

A temporada de arrecadação de cestas básicas, doces, artigos de higiene pessoal, fraldas e agasalhos começou.

Ação do Grupo Coração de Leão formado por funcionários da Unifacvest | Criação: Francisco Kirchner | Unifacvest Press – Agência Experimental de Conteúdo e Comunicação Digital

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here