Muita semelhança na situação de Correia Pinto, onde o marido Alceu Alves de Melo atirou na esposa em Correia Pinto na Sexta-feira Santa e na segunda-feira acabou morrendo em um acidente na BR 116

No acidente desta quarta-feira (24), na mesma BR 116, só que desta vez na direção oposta de Ponte Alta, ou seja, proximo do trevo de Capão Alto, o condutor de um veículo Siena, placas de Lages, e também de nome Alceu (Alceu Nazeré Machado da Rosa), 39 anos, morreu ao colidir em um caminhão.

Alceu vinha de Capão Alto, quando no km 256 da rodovia invadiu a pista contrária e bateu de frente no caminhão Volkswagen, com placas de Laurentino/SC, e conduzido por José Floriano Coelho, 61 anos. Alceu morreu preso nas ferragens enquanto o motorista do caminhão nada sofreu.

Desaparecimento da esposa

Durante a semana o repórter Jotta Damasceno da ImagemTV fez reportagem sobre o desaparecimento de Aline Santos Rosa, e seu marido Alceu teve seu nome associado ao desaparecimento da esposa, que até agora não foi encontrada.

A família de Aline está divulgando informações nas redes sociais para descobrir seu paradeiro, mas até o momento não a encontrou.

Informações extra-oficiais

Alceu trabalhava em um clube e era o responsável pela caldeira. Segundo informações extraoficiais enviadas ao Jornal O Momento, os peritos do IGP foram na tarde de terça-feira (23) ao clube e encontraram supostamente ossos no lixo que são retirados da caldeira, inclusive dentes. Outro fator informado é que a câmera do setor estava desligada. Os ossos foram recolhidos para exames periciais, para assim divulgarem o resultado.

Com informações: Polícia Civil, IML, Notícia no Ato e ImagemTV. Jatir Fernandes e Jotta Damasceno

#BlogdoBarão

1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here