Circulou nos grupos de WhattsApp a informação de que uma pessoa tinha morrido por H1N1 em Lages. Fomos em busca da informação oficial com a secretária de Saúde do município, Odila Waldrich, que informou haver um caso de gripe Influenza.

Tem um registro de uma senhora de 50 anos, tabagista, com histórico de DPOC (doença destrutiva do pulmão), hipertensa e cardiopata. Ela não está com H1N1, ela está com a gripe Influenza. Muitas vezes as pessoas supõem que a Influenza não seja grave, mas ela é tão grave quanto a H1N1 e ela não foi a óbito, sendo que seu estado é grave, estando internada na UTI”, esclareceu a secretária.

Influenza A B e C

A doença da gripe em humanos é transmitida pelos vírus Influenza, que se dividem em três tipos: A, B e C. O tipo C é mais brando e não oferece risco de epidemia.

O tipo B oferece risco alto, com potencial de complicações e morte; ele afeta sobretudo humanos e, por ter menos ocorrência, as chances de causar uma epidemia é menor quando comparado ao tipo A.

Esse, por sua vez, infecta humanos, mas também aves e suínos; é o tipo mais severo, ataca humanos de qualquer idade e tem maior potencial epidêmico.

Diferentemente do tipo B, os vírus A contam com muitas variações ou subtipos, dos quais fazem parte os vírus H1N1 e H3N2.

Fonte: https://www.nexojornal.com.br/expresso/2018/04/23/H1N1-ou-H3N2-Entenda-a-diferen%C3%A7a-entre-os-v%C3%ADrus-que-causam-gripe

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here