Com Penha e Cruz das Almas lotados, a solução foi desapropriação do Cemitério Jardim da Paz, no Guarujá, que poderá atender necessidade pelos próximos 20 anos

Lages está com um problema gravíssimo com relação a cemitérios, pois o único que tem disponibilidade é o da Penha, com apenas mais 20 sepulturas disponíveis. O Cruz das Almas não tem mais lugares.

Assim, o secretário de Meio Ambiente e Serviços Públicos Delfes Rodrigues saiu em busca de uma solução imediata, que atendesse a população, sem onerar os cofres públicos do município, “como pediu o prefeito Ceron”, destacou.

Desapropriação Cemitério da Paz

Para solucionar o problema, o prefeito assinou decreto de desapropriação amigável de área aproximada de 28 mil metros, com capacidade para aproximadas 6 mil sepulturas, modelo vertical de 4 gavetas, no Bairro Guarujá.

Solução para 20 anos

“Isso resolve o problema no mínimo para os próximos 20 anos, no cemitério da Paz, onde já tem construídas duas capelas mortuárias  e todas as licenças para funcionamento”, comentou com o Blog.

Pagamento

A desapropriação estabelece pagamento parcelado em 36 vezes e o valor foi pago de acordo com avaliação oficial. “O próprio uso do cemitério futuramente com o uso, automaticamente se paga”, finaliza o secretário Delfes.

 

Fotos: divulgação

#BlogdoBarão

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here