Em relação aos supostos problemas envolvendo túmulos no Cemitério Municipal Nossa Senhora da Penha, noticiados pelo Tribunal de Justiça de Santa Catarina e repercutidos pela imprensa nesta semana, a Prefeitura de Lages, por meio da Procuradoria Geral, estuda a possibilidade de um eventual recurso.

Ações de 2013 e 2014

Em um dos casos, a pessoa que processou o Município teria constatado o problema nos túmulos da mãe e de um irmão em 2013 e ingressou com a ação judicial em 2014. No outro caso, não estão esclarecidas as datas dos supostos fatos, mas como a ação judicial foi protocolada em maio de 2017, presume-se que também tenham ocorrido em anos anteriores.

A Secretaria Municipal de Serviços Públicos e Meio Ambiente pede às famílias que ainda não requereram as sepulturas e às que não colocaram lápides nos túmulos que procurem os cemitérios municipais em horário comercial munidas de documentos pessoais para regularizar a situação.

================================

Fonte: PML/Comunicação

#BlogdoBarão

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here