Quase tudo perfeito na noite de Abertura da 31a Festa Nacional do Pinhão, no Parque Conta Dinheiro

Mas observamos:

 

  1. Pouco público, pois muitas gente não sabia que a entrada era gratuita. Foi muito pouco divulgado e “trocentas” pessoas me perguntam se era entrada franca.

 

  1. Nenhum show de algum famoso e do gosto do povão, como já teve na noite de Abertura, com Amado Batista ou Teodoro & Sampaio. Garanto que o Parque lotava.

 

  1. A coisa estava tão elitizada que tinha até um “Bailinho com a Realeza” no BackStage. Erraram no nome, pois “bailinho” em Lages é o “desmanche” da Terceira Idade, e sem falar no local, pois o povão gosta de arrastar o pé no Palco Nativista. BackStage é pra elite.

  1. O exagero da vice-governadora Daniela Reinehr, que parece não ser acostumada com o povão, pois chega ao cúmulo do absurdo de ter 4 seguranças colados. Se posicionaram atrás da vice até no pequeno Oratório na hora da Benção, e depois andavam como “sombras”, no palco e até na casinha do SCC. Sem noção…

  1. Os tempos mudaram, pois na administração passada Elizeu e Toni recebiam convidados na “casinha do prefeito”. Desde que Ceron assumiu acabou tudo e ontem encontrei o prefeito e a esposa Salete em companhia da filha Mayra e o genro Luiz Antonio jantando no pavilhão do Sabores Lages. E pagaram a conta.

 

  1. Por falar em Sabores Lages, quero dar os parabéns pelo idealizador, Ruan Rangel. Tem 14 restaurantes participando do Festival, cada um com um prato e preço único de Trinta Reais (30). Só não gostei do local, pois deveria ser no pavilhão fechado ao lado do Shoppinhão. Ficaria bem mais requintado.

 

Continua…

Fotos: Festa do Pinhão/Nilton Wolff e Barão

#BlogdoBarão

7 COMENTÁRIOS

  1. Tu acha estranho o governador aproveitar a festa com amigos, mas não acha estranho o prefeito aproveitar a festa como qualquer outro. Estranho….

  2. Caro Barão acho que há uma desinformação quanto ao bailinho da realeza em sua matéria, evento este que surgiu de um desejo das ex Rainhas e princesas de ter um momento durante a festa para se confraternizar, abraçado pela Rádio Menina que nos deu essa oportunidade, totalmente pelo contrário o nome é uma maneira carinhosa de acolher aquelas que muito bem representaram a festa durante as suas edições, não nos agrada a ideia de usarem de forma pejorativa um evento que serve justamente para reconhecer nossa representatividade.

  3. Senhor Barão! Em nome de todas as realezas da Festa do Pinhão, como Rainha que fui, gostaria de lhe convidar para que em uma próxima edição do nosso “bailinho” esteja presente. Pois sim! O evento é elitizado, glamouroso e de desmanche não temos nada, nem mesmo os bailinhos de terceira idade são de “desmanche” como o sr. diz, pois todos merecem respeito. Bailinho é um nome carinhoso dado a toda corte, e quem sabe o senhor sendo convidado para nossa festa possa ter uma outra visão sobre um evento realizado para homenagear aquelas que representaram nossa cidade e nossa Festa.

  4. Meu caro amigo Barão.
    Seu comentário sobre o Bailinho da Realeza, foi por assim dizer, no mínimo, infeliz.
    Todas as meninas que representam nossa festa e nossa cidade, passam por momentos tensos, de ansiedade, se preparando desde o concurso até a hora do encerramento, torcendo para que tudo dê certo e as pessoas voltem para suas casas com uma boa impressão da nossa cidade, da nossa gente, da nossa festa e também delas próprias.
    O Bailinho foi uma grande idéia para que todas pudessem reviver esses momentos, se reencontrar, conhecer outras meninas que também participaram sem o peso dessa responsabilidade.
    Desmerecer esse trabalho e essa iniciativa é, no mínimo, desrespeitar toda dedicação e carinho que essas meninas dedicaram à nossa maior festa além de não combinar contigo, um jornalista que torce pela nossa cidade.
    Sugiro ao amigo que adote uma postura humilde e profissional e providencie uma retratação com um pedido de desculpas pela postagem.

  5. Barão! O organizador do evento registrou o mesmo, para ser seu. Várias realezas estão revoltadas, pois foram usadas, gastaram um monte com produção, pagaram por suas fotos e em troca “ganharam” uma festa onde cada uma levaram 30 pessoas para gastarem no bar num evento de “homenagem” a elas. Elas querem sim ser homenageadas, mas num evento mais intimista, como foi o ano passado. Infelizmente, virou mais um evento que visa lucro, deixando as em segundo plano. Várias estão comentando no seu blog a mando de “alguém”…

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here