Sempre terá os pessimistas e gente que não gosta da Festa (e é direito de cada um), comentando que ela estava se esgotando e que não tinha mais público

Mas o que se viu na primeira noite paga no sábado, 15 de junho (sexta-feira foi gratuita), prova exatamente o contrário, pois literalmente o Parque Conta Dinheiro “transbordou” de tanta gente.

Diversidade de shows

Foi uma noite bem brasileira, com uma diversidade de shows como poucas vezes se viu na Festa, já que que no palco nacional se apresentaram Bruno & Marrone, seguido do show de Alexandre Pires, para em seguida no BackStage, a filha de Elis Regina, Maria Rita, ser ovacionada por um publico mais exigente de um show da MPB.

Acil fora da casinha

Mas voltando a questão do público, recordo que na fatídica audiencia pública, até entidades de classe como a representante da Acil que chegou a propor que a Festa voltasse a ser realizada pela Prefeitura (uma sandice a proposta).

Volta Gaby

Torço, sinceramente, para que a empresa Gaby Produtora participe da licitação para um novo período de cinco anos e que seja a vencedora, pois queremos Festa assim, com a qualidade de uma empresa séria e responsável, além da parceria com a GDO Eventos, na produção dos shows nacionais, como os deste ano.

 

Fotos: FestadoPinhão/divulgação

#BlogdoBarão

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here