Por ocasião da convenção estadual do PSDB, no dia 04 de maio, na Capital do Estado, houve um equívoco de informação. Foi atribuído ao presidente estadual tucano Marco Tebalddi a informação de que o Diretório Nacional havia suspendido todos os processos administrativos contra militantes do partido.

E que portanto os processos de Dilmar Antônio Monarim e Luiz Carlos Pinheiro, únicos em Santa Catarina, por consequência, estariam automaticamente arquivados.

Essa informação de uma resolução nacional não teve como fonte o Monarim e ouve erro de interpretação quanto ao nome de quem mencionou assunto já que o presidente de saída Marcos Vieira (que comentou em seu discurso) também chama-se Marco, no caso Tebaldi. Monarim só manifestou apoio minha indagação que ficava contente se o processo fosse extinto pois isso facilitaria seu trabalho partidário de buscar espaço na majoritária. Lamentamos que esse equívoco possa ter trazido algum transtorno, pelo que pedimos escusas

 

#BlogdoBarão

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here