Tem gente estranhando os afagos do governador Moisés no vereador Lucas, chamando inclusive para uma conversa de pé de ouvido e aventando como o candidato do PSL, que não teria nenhum nome para disputar o Paço.

A estranheza se dá justamente no fato de Moisés ter em seu colegiado o “menino prodígio”, que ocupa a presidência da Junta Comercial do Estado – Juliano Chiodelli.

Há quem diga que Juliano não é o queridinho de Moisés pelo fato de ele ser apadrinhado de Lucas Esmeraldino, ou quem sabe o governador não ter vislumbrado a possibilidade de vitória com Juliano. Assim, mirou no vereador “bom de voto” e que faz as vezes de vereador rebelde, em briga constante com seu partido, o PP.

 

Foto: divulgação

#BlogdoBarão

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here