Em um mês, o prefeito Luiz Schmuller foi condenado duas vezes a perda do cargo. Com ele, o vereador Renaldo Basquerote Souza também perdeu o cargo

O juízo da comarca de Lages sentenciou novamente o prefeito Luiz Schmuller, de Bocaina do Sul, à perda da função pública por ato de improbidade administrativa. A decisão desta semana, um mês depois de julgado processo da mesma natureza, trata de troca de favores políticos com o vereador Renaldo Basquerote Souza para beneficiar o empresário Reni Basquerote Souza, irmão do Renaldo, que também também foi condenado à perda do cargo.

Perda do cargo e direitos por 5 anos

Com base na lei de improbidade administrativa, o juízo condenou o prefeito e vereador à perda dos cargos e a suspensão dos direitos políticos de ambos pelo prazo de cinco anos. O réu Reni Basquerote Souza, irmão do vereador, fica proibido de contratar com o Poder Público ou receber benefícios como incentivos fiscais ou creditícios pelo prazo de três anos. Além disso, os três réus terão que pagar multa civil equivalente a 10 vezes o valor da remuneração do prefeito à época dos fatos. (Processo número 0900003-42.2015.8.24.0039). OS RÉUS PODEM RECORRER DA DECISÃO.

NCI/TJSC – comarca de Lages

imagens meramente ilustrativas

#BlogdoBarão

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here