O vereador Lucas Neves “virou num bicho” e se negou a convidar o prefeito Ceron e a secretária Odila para participarem da audiência pública de quarta-feira, que vai discutir a entrada em funcionamento da nova torre do HTR, que está pronta e fechada

Vereador Lucas: só não entende quem tem problema se conexão cognitiva!

Para quem não sabe, a UPA virou num hospital, por conta do fechamento de leitos no HTR e a decisão do governo do Estado em paralisar as obras (98% concluído).

Convite para a Mesa

O vereador Jean Pierre pediu que sejam convidados um representante da Amures, um representante da Acil e a diretora da UPA (Beatriz Montemezzo), e a secretária municipal de Saúde, para que façam parte da Mesa

Conexão Cognitiva

Em resposta, o vereador Lucas disse que a Audiência é para tratar da abertura da nova torre e as pessoas citadas não tem relação com o assunto, por isso não devem ser convidadas para a Mesa. “Apenas os dois secretários de Estado (Casa Civil e Saúde). Chegou a ironizar dizendo que “só não consegue entender o “desconvite” quem tem problema de conexão cognitiva”.

Resumo da velha nova história:

Raimundo deixa o hospital pronto. O governador Moisés segura o funcionamento do hospital até achar um pupilo e postulante para a próxima eleição. Moisés acerta com Lucas Neves, que se torna o “defensor” da abertura do hospital.

Lucas consegue ” o grande feito” de trazer o secretário de Estado da Saúde para uma Audiência Pública na Câmara. Antes ou depois da Audiência o secretário anuncia que o hospital vai “meio que funcionar”.

Então, Lucas Neves vira o “cara”, o oportunista…

Enfim, felizes para sempre…mesmo que com as velhas práticas da Nova Política. Pra acabar isso!

Vereador e líder do governo Jean Pierre

 

Fotos:

Vereador Jean Pierre pediu convites das pessoas ligadas a Saúde

Vereador Lucas Neves não admite convites

#BlogdoBarão

2 COMENTÁRIOS

  1. Lucas Neves lembra muito o Eliseu no início da carreira. Só pensa em eleição, voto. É uma falta de educação, para dizer o mínimo, não convidar o Prefeito e os deputados lageanos, Marcius e Carmen para discutir a saúde da cidade.

  2. A FAKE NEWS do vereador Lucas

    Convidar para ir assistir a audiência pública no meio da multidão é uma coisa. Já convidar a secretária e o prefeito para a Mesa de autoridades é outra bem diferente.
    Essa foi a discussão na sessão de segunda-feira, e que o vereador proponente chamou de FAKE NEWS em seu Facebook.

    Lamentável

    Acho que não é fato esse post, é fake!

    segue a nota do vereador Lucas:

    RESTABELECENDO A VERDADE

    Terça-feira (17/9) – Não é verdade a informação de que o prefeito de Lages, Antônio Ceron, e a secretária municipal de saúde, Odila Waldrich, não foram convidados para a audiência pública que tratará da nova torre do Hospital Tereza Ramos. A informação repassada pelo próprio prefeito, em seu programa na Nova TV, e reproduzida em um blog, está equivocada. É fake!

Na quarta-feira (11/9) da semana passada, durante a visita ao canteiro de obras do Mercado Público, convidei o prefeito pessoalmente. Ele foi o primeiro a ser convidado! No sábado (14/9) foi enviado o convite, via WhatsApp, para a chefe de gabinete do prefeito, solicitando a confirmação. A mensagem (conforme anexo) foi visualizada e não foi respondida.

    Na sexta-feira (13/9), às 15:51, foi enviado convite para a secretária Odila. Ela visualizou e respondeu às 19h27 (também em anexo), dizendo que não estaria em Lages para participar da audiência. Horas depois, já durante a madrugada de sábado, ela reavaliou o convite e disse que se faria presente. 

Na manhã desta terça-feira (17/9), após o prefeito informar que não tinha sido convidado, cobramos a sua assessoria a respeito. A chefe de gabinete respondeu, às 10h33, que havia falhado e que falaria com o prefeito (mensagem em anexo). 

A audiência pública, proposta por nós, está sendo divulgada desde a semana passada, com envio de convites para entidades de classe, Observatório Social, Amures, Uveres, Diretoria da UPA, enfim, todos aqueles que acreditamos que tem interesse em se juntar a nós nessa mobilização. Além disso, estamos convidando a comunidade em geral, já que na audiência é possível que todos se manifestem (fazendo o uso da palavra com prévia inscrição).

    Minha defesa pela abertura da nova torre do Hospital Tereza Ramos iniciou em 2017, quando assumi o cargo de vereador. Quando as obras entraram na reta final, no ano passado, a Câmara de Vereadores criou uma comissão especial de acompanhamento das obras, da qual sou presidente. Desde então, já estive diversas vezes na capital tratando do assunto.

    A nossa preocupação em abrir a nova torre, criando mais leitos de internamento, é superior a qualquer vaidade política. Estamos empenhados em resolver o problema, e não em criar polêmicas desnecessárias. A população merece o nosso máximo empenho e compromisso com essa causa!

    Contamos com a presença de todos na audiência de amanhã, às 19h, na Câmara!

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here