Mães que não querem assumir a maternidade podem entregar filhos para adoção

Mulheres ou gestantes podem fazer a entrega espontânea de bebês à justiça para adoção. Não é crime. Inclusive, a possibilidade está prevista no Estatuto da Criança e do Adolescente. Em Lages, o amparo a essas mulheres é feito pelo Serviço Social do Fórum Nereu Ramos por meio do projeto Entrega Legal.

O projeto existe para evitar riscos a esses bebês, possibilitar que tenham uma nova família e, especialmente, que o procedimento seja feito da forma correta, além do acompanhamento à genitora.

Vara da Infância

A manifestação dessas mulheres pode ser feita na Vara da Infância e Juventude da comarca, às assistentes sociais do Fórum ou ainda na maternidade.

NCI/TJSC – Taina Borges

Fotos meramente ilustrativas/internet

#BlogdoBarão

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here