Como se avizinha as eleições municipais, dois vereadores candidatos fizeram moção de repúdio pelo atendimento das crianças, que continuará no Infantil e terá mais a UPA. O gesto foi interpretado como vitrine ou palanque, pois foi rejeitado

Cinco

Cinco dos 16 vereadores assinaram uma Moção de Repúdio ao prefeito Ceron pelo fato de atender o Termo de Ajuste de Conduta assinado em Novembro de 2016, e que obrigava ao município a se enquadrar nas normas do Ministério da Saúde, onde as UPAs em todo o país, atendem às pessoas, tanto infantil quanto adulto.

Multa diária

O não atendimento do TAC resultaria em multa diária de R$ Um Mil Reais ao Município. E isso os cinco vereadores omitiram na Moção.

A Moção mostra apenas a birra política por parte dos vereadores de Oposição, visando apenas a campanha eleitoral do próximo ano.

Não falam, por exemplo, que a população terá um ganho, pois as pessoas continuarão a ter atendimento das crianças no Hospital Infantil, além da UPA, que terá inclusive equipes e médicos pediatras.

Em resumo, o que será um ganho na qualidade da Saúde, foi colocado na Moção como um prejuízo, mas apenas por ranço político.

 

 

#BlogdoBarão

1 COMENTÁRIO

  1. E engraçado.. Para alguns, tudo tem que ser cumprido… Esse mesmo edil, chamado Lucas, publicou que o Supremo soltou bandido, ao derrubar a prisão em segunda instância. A constituição garante que só será preso apos o transito em julgado. Para ele, isso não vale.
    Voltando ao assunto, O ministério publico, pelo que entendi, pediu, foi assinado um TAC. Tem que ser cumprido.. Dai eles querem burlar a lei…
    Vão achar o que fazer, seus desocupados..
    Para uns a lei tem que ser cumprida, nem que tem que passar por cima da constituição, agora para outros, pode ser burlada…

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here