Não foi apenas o tomógrafo computadorizado que foi retirado do Hospital Tereza Ramos, pois a lista autorizada pelo secretário de Estado da Saúde, Helton Zeferino, ainda inclui: 39 camas de recuperação; 10 camas elétricas de UTI; dois Ultrasson Portátil; uma Lavadora Ultrassônica e uma Termodesinfectadora. Tudo isso foi espalhado pelos hospitais do Estado em outras cidades, num verdadeiro desmanche do HTR

Por ocasião da reunião realizada no dia 31 de julho de 2019, no Gabinete do Secretário de Estado da Saúde, em conjunto com as áreas técnicas dos serviços de saúde desta Secretaria, que foi programada com o objetivo de deliberar alternativas para a ampliação da assistência, abertura de leitos e desenvolver maior agilidade no atendimento nas emergências dos hospitais próprios, foram abordadas algumas possibilidades pertinentes, visando diligenciar a demanda de modo célere e efetivo.

Dentre elas, houve a projeção de utilizar os equipamentos médico-hospitalares alocados no Hospital Geral e Maternidade Tereza Ramos de Lages, os quais estão disponíveis, contudo sem função, haja vista a paralisaç; ão temporária das obras daquele Nosocômio, motivada pela auditoria externa a ser instituída para averiguar possíveis irregularidades ocorridas no percurso dos trâmites, acerca das aquisições e edificações efetuadas, possivelmente divergentes do projeto inicial concebido para aquela região.

Diante da proposta lançada, o Secretário de Estado da Saúde estabeleceu alguns requisitos a serem apresentados e cumpridos, para posterior avaliação e possível viabilidade do remanejamento proposto, os quais obtiveram os resultados iniciais que seguem:

Hospital Celso Ramos

HGCR: As 39 camas de recuperação destinadas ao Hospital Governador Celso Ramos tem por objetivo viabilizar a abertura de 39 leitos alocados no 2° andar recentemente reformado, a serem ofertados aos usuários do SUS, oriundos da emergência e Centro Cirúrgico, bem como eletivos, que necessitem de internação em enfermaria, isolamento ou recuperação pós-operatória.

As 10 Camas elétricas destinadas ao Hospital Governador Celso Ramos tem por objetivo viabilizar a abertura de 05 leitos de cuidados intensivos, oportunizando a ampliação de cirurgias eletivas. Também tem por objetivo a abertura de 02 leitos de isolamento e 03 de recuperação, para contemplar a sala de reanimação, de forma a ampliar e dar suporte com maior eficiência e resolução à emergência daquela Unidade Hospitalar.

  • Os 02 equipamentos Ultrassom Portáteis destinados ao Hospital Governador Celso Ramos tem por objetivo agilizar o processo de obtenção de diagnóstico beira leito, agilizando o atendimento, bem como auxiliar na ampliação e abertura dos serviços propostos.
  •  A Lavadora Ultrassônica e a Termodesinfectora destinadas ao Hospital Governador Celso Ramos, tem por objetivo ampliar a disponibilidade de materiais cirúrgicos esterilizados e conseqüentemente aumentando a quantidade de procedimentos cirúrgicos.

Hospital Santa Tereza

HST: As 12 camas de recuperação destinadas ao Hospital Santa Teresa, tem por objetivo viabilizar a abertura de 12 leitos alocados no Pavilhão Ernani Agrícola, a serem ofertados aos usuários do SUS na especialidade de Dermatologia, proporcionando maior agilidade e conseqüentemente a ampliação do número de cirurgias eletivas, bem como o aumento de leitos de retaguarda para os Hospitais de Alta Complexidade.

Hospital Doutor Waldomiro Colautti

HDWC: • As 05 Camas elétricas destinadas ao Hospital Doutor Waldomiro Colautti, localizado em Ibirama, tem por objetivo a abertura de 05 leitos de UTI daquela Unidade Hospitalar, atualmente desativados, visando propiciar a ampliação de leitos dessa especificidade naquela região. 

Tomografia Computadorizada 128 cortes

O equipamento de Tomografia Computadorizada 128 cortes, foi destinado ao Hospital Regional de São José Dr. Homero de Miranda Gomes, uma vez que o equipamento atualmente disposto naquela Unidade Hospitalar está com estimativa de 02 anos de fim de vida útil, com limitação tecnológica para a realização de exames de alta complexidade, sendo que, o equipamento a ser disponibilizado apresenta menor radiação emitida ao paciente, maior definição de imagem, maior precisão nos diagnósticos, maior agilidade na realização dos exames e consequentemente maior número de exames.

OPORTUNIZAR A TRAMITAÇÃO IMEDIATA DE AQUISIÇÃO DOS EQUIPAMENTOS A SEREM REMANEJADOS (JÁ CONCLUÍDOS): 

Camas de Recuperação para pacientes adultos:

39 para o HGCR: PSES 38863/2019

12 para o HST: PSES 76044/2019

Ultrassons Portáteis: 02 para o HGCR: PSES 31600/2019

Lavadora Ultrassônica: 01 para o HGCR: PSES 31600/2019 Termodesinfectora: 01 para o HGCR: PSES 31600/2019

EQUIPAMENTO DE HEMODINÂMICA DO HRHDS PARA O HJAF: Encaminhado Ofício ao Hospital Infantil Jeser Amarante Faria, com as especificações técnicas do equipamento, para análise e manifestação quanto a adequação do mesmo às necessidades do serviço de Cardiologia Intervencionista de forma integral daquela Unidade Hospitalar.

Considerando que os processos licitatórios para aquisição dos equipamentos a serem remanejados já foram iniciados, alguns inclusive já finalizados,

AUTORIZO, o remanejamento dos equipamentos conforme solicitação da SUH; II. Assim que os equipamentos forem remanejados deverão ser incluídos nos centros de custos dos hospitais destino; III. Providenciar uma informação técnica justificando o remanejamento dos equipamentos para outras unidades da SES de forma temporária, considerando que já esta em andamento processos de aquisição para substituição, bem como apresentando os devidos impactos para a saúde da população junto aos hospitais que receberão os equipamentos, a ser apresentado a imprensa e autoridades locais de Lages.

Helton de Souza Zeferino

Secretário de Estado da Saúde

 

#BlogdoBarão

2 COMENTÁRIOS

  1. Infelizmente tivemos um governador e outros tantos lageanos por 7 anos e que poderiam ter evitado essa situação a muito tempo.. Se falta empenho e sobra descaso das próprias pessoas da cidade que ocuparam os principais cargos no governo do estado imagina aqueles que não tem nenhuma identificação com Lages. Basta mais uma vez lamentar…. É o que sobra para nós chorar sobre o leite derramado….

  2. O Lageano tem memória curta, quando conseguiram eleger um Governador da terra, o mesmo lançou um candidato a Prefeito em Lages pelo seu partido, e o que os eleitores fizeram?
    Elegeram um candidato que era Deputado estadual pelo MDB e que está enrolado até hoje com a justiça.
    Se eu fosse o Colombo eu faria mesma coisa, deixaram o cavalo passar encilhado, infelizmente na política é assim.
    Outra coisa, reclaman de falta de representatividade política na Assembleia, agora é a hora de ir atrás de tantos Vereadores locais que trabalharam para candidatos de fora, que depois de se eleger nunca mais botaram os pés aqui.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here