Ele chegou a ser objeto de reportagem da NSC, onde se elogiava o controle rigoroso das contas públicas no vizinho município de Palmeira. Esse mesmo fulano vivia nas redes sociais detonando a prefeitura de Lages. Só que agora está preso, por malversação de recursos públicos, ou seja, “o peixe morre pela boca”

Veja o vídeo da NSC cheio de elogios

 

Nota Oficial/Prefeitura Palmeira

A Prefeitura Municipal de Palmeira expediu nota oficial, em virtude dos acontecimentos de terça-feira, 21 de janeiro, informando que um servidor do quadro efetivo da prefeitura desde o ano de 2016 foi conduzido à delegacia de Polícia Civil da comarca de Otacílio Costa para prestar esclarecimentos por suposta adulteração de documentos públicos. Foi apurado que os valores a mais incluídos de forma ilegal podem chegar a R$ 100.000,00.

A audiência de custódia aconteceu desta quarta-feira (22) no Fórum Nereu Ramos em Lages e, colocou na berlinda o acusado Geverson Martins Chaves. A audiência de custódia regionalizada ocorreu na 1ª vara criminal. O procedimento da prisão em flagrante ocorreu normalmente. Por ter antecedentes criminais, o conduzido teve a prisão convertida em preventiva pelo juiz Geraldo Corrêa Bastos. A defesa poderá fazer o pedido de liberdade ao magistrado da comarca de Otacílio Costa, Guilherme Mazzuco Portela, onde o procedimento policial foi iniciado.

A Prefeitura da Palmeira recentemente foi reconhecida pelo Ministério Público pelas ações eficazes da controladoria interna da prefeitura que servia de exemplo para outros municípios.

Informaram na nota que a prefeita Fernanda Cordova, antes de se licenciar do cargo, informou ao prefeito em exercício, Sandro Masselai, a suspeita de que algo poderia estar errado em um dos setores. O prefeito em exercício, então, seguindo a orientação da prefeita licenciada, reuniu uma equipe restrita de servidores e passou a monitorar mais atentamente algumas movimentações. Através do cruzamento de informações, este grupo detectou indícios de irregularidades em procedimentos de uma das secretarias e, a partir disso, realizou uma auditoria, onde foram constatadas fortes evidências de adulteração de documentos.

Diante dos fatos, a Prefeita licenciada Fernanda Cordova e o prefeito em exercício Sandro Masselai abriram boletim de ocorrência na segunda e entregaram, pessoalmente, as evidências para a autoridade policial da comarca para averiguação e providências. Na terça enquanto apresentava notas foi preso preventivamente.

Em cana

Ele foi conduzido ao Presídio do Bairro São Cristóvão para cumprimento dos procedimentos necessários.

 

Jornal O Momento

Funcionário da Palmeira é acusado de adulteração de documentos públicos

A audiência de custódia regionalizada ocorreu na 1ª vara criminal. O procedimento da prisão em flagrante ocorreu normalmente. Por ter antecedentes criminais, o conduzido teve a prisão convertida em preventiva

 

LEIA MATERIA COMPLETA EM:

http://jornalomomento.com.br/regional/funcion%C3%A1rio-da-palmeira-%C3%A9-acusado-de-adultera%C3%A7%C3%A3o-de-documentos-p%C3%BAblicos-1.2196578?fbclid=IwAR1aFF_BCoUt-cVd5nRJMnpYUy1S48NXTIk2hdhcaZGw5ED54Mwrdcxr3Po#.XiiesjiqJoI.facebook

1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here