A Celesc mudou sua loja de atendimento comercial para instalações próprias, em local amplo e com estacionamento. Tudo seria ótimo, não fosse a distância do Centro

A loja fica na Avenida Duque de Caxias (em frente a Pirâmide), e não bastasse a distância (cerca de 1km), ainda tem o complicador das linhas do transporte coletivo.

Dificilmente uma pessoa idosa ou deficiente poderá ir caminhando até a Celesc, a não ser de carro, ônibus ou outro meio de transporte.

 

Foto: Alessandro Brito/NovaTV

#BlogdoBarão

7 COMENTÁRIOS

  1. Barão, não complica!!

    O endereço antigo (perto da Catedral) era de difícil acesso. Impossível estacionar nas proximidades.
    Tem ponto de ônibus da Transul próximo do Fórum. A distância do Terminal do Centro até a Catedral é praticamente a mesma do Fórum até a nova sede da Celesc. Só melhorou, tem onde estacionar, e não tem morro para subir!!
    Se algo de dificuldade são as calçadas, ou melhor, a falta delas!!! Cobre da Prefeitura!!!!
    Abraços!!!

  2. Daí é só pedir pro neto baixar o aplicativo CELESC para resolver boa parte dos problemas.
    “Selfie” pra instagram, facebook sabem fazer, agora o resto..

  3. Fui na Celesc semana passada e fiquei horrorizada com a quantidade de pessoas lá dentro e fora porque não cabia mais ninguém. Só duas pessoas atendendo, numa lerdeza daquelas, fiquei 2:30m esperando para acrescentar uma informação no pedido que já havia feito. Aquela máquina para tirar segunda via não estava funcionando, meu Deus, o que está se tornando o serviço público??? Agora, quanto ao local, de fato concordo que melhorou o acesso.

  4. Barão, não força! Como um idoso ou deficiente conseguia se deslocar dos demais bairros para ser atendido no centro? O local melhorou muito a questão de acessibilidade: para quem vai de carro, é mais fácil encontrar estacionamento. Se vai de ônibus, é só pegar o ônibus da Duque, frei Rogério ou Cidade Alta – BR 282 no terminal, que em 5 -10 minutos o ônibus pára muito mais perto do que na distância terminal – catedral.

  5. Na verdade é uma estratégia para caracterizar mal atendimento e com isso a população pede a privatização, enquanto na capital se faz um predio de 10 andares para atendimento, no interior compram barracões sem qualquer comodidade.

  6. Eu vou polemizar para criar uma discussão sadia, o lageano se comporta assim, a turma recomendando que melhorou o acesso, que fica a 5 minutos do Forum, 5 da 282, a 10 do tanque, a 5 do Terminal, enfim cada um criando suas comparações de distâncias. É claro que esta turma vão pegar seus carros e irão até lá tranquilamente, não vão de ônibus. Em síntese o local é longe, de difícil acesso, para a maior parte das pessoas não irem lá reclamarem, o centro seria o ideal, pode-se em Lages realizar várias atividades no centro, pode-se sair do terminal e logo chegar em algum órgão público ou banco no centro. O Barão tem razão.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here