Cinco vereadores de Lages formaram um grupo suprapartidário, com a finalidade de enfrentar “em igualdade de condições” segundo eles mesmos, as outras candidaturas e chegar ao poder, que seria a cadeira de prefeito

Lançamento

O lançamento foi feito através de uma live, na noite de quarta-feira, e reuniu os edis: Thiago Oliveira e Jair Júnior (Podemos), Bruno Hartmann (PSDB), Lucas Neves (PSL) e Samuel Ramos (DEM). Essas filiações devem mudar até o final do prazo (05 abril) para mudanças partidárias.

Coronéis

O grupo foi denominado “Juntos por Lages”, que segundo eles, “não são só cinco jovens vereadores, mas sim cinco guerreiros que levarão esse projeto de derrubada dos coronéis da cidade, mostrando finalmente a eles que Lages não os pertence”, afirrmaram na transmissão.

Homogeneidade

Como na política, assim como na vida, tudo se repete, pois a vida é cíclica, os vereadores querem o poder, e para isso não importa o meio e nem as consequencias, a começar pelo troca-troca partidário. Por outro lado, vemos como salutar o desejo do grupo, que se anuncia homogêneo e de onde deve surgir a composição da chapa para a majoritária.

Licença médica

 

Porém nem tudo são flores, pois um ponto foi bastante questionado nas transmissão dos vereadores. Foi a presença do vereador Samuel Ramos (DEM), que na manhã do mesmo dia (quarta-feira), não compareceu numa reunião, sob alegação de “licença médica”, no entanto à noite estava politicando. Ou seja, a licença só valia para o serviço?, questionou um internauta.

Fotos: Alexsandra Albuquerque
#BlogdoBarão

6 COMENTÁRIOS

  1. La vem a velha política disfarçada de nova. Além do doente que o atestado só vale até as 19h, usaram a estrutura da câmara pra fazer seu trabalho. Vamos ver muito disso ainda, pela equipe GIGANTE de funcionários da câmara sob o comando de Bruno e Thiago (juntos tem mais de 20 indicações na câmara), a câmara l, os novos super equipamentos da TV câmara e a própria estrutura servirá a eles. A “nova” política já começou errado.

  2. O novo nascendo velho, tudo sendo orquestrado por macacos velhos da politica que eles dizem combater.
    Não administraram nem a geladeira da casa deles e querem administrar Lages.
    Os menudos já estão usando a estrutura da Câmara Municipal… Super moralistas.
    Lembrem-se que tem um ali no meio que o assessor foi preso por ser membro de organização criminosa.

  3. Que projetos que inovação essa câmara fizeram por lages? Uma das piores dos últimos temos, e ainda tem o bugre, Ivanildo e Amarildo que dicaram com vergonha de deixar aparecer na foto. Todos ganancio uns 10.000 pra fazer auto propaganda na internet

  4. Olha o nome do vereador neste caso, no final da matéria, e vem falar de NOVA POLÍTICA as pessoas hoje lêem jornais, blogs senhor vereador.

    Laboratório Santa Rita é descredenciado do SUS por fraudar exames

    7 de fevereiro de 2020 Por Olivete Salmória

    No último dia 30, a juíza Giseli Ribeiro, da 3ª Vara criminal de Lages, determinou a suspensão do credenciamento do laboratório Santa Rita de Lages e Capão Alto, de propriedade de Aloísio Pirolli, ex-gerente regional de Saúde, para a realização de exames laboratoriais pelo SUS, e também a suspensão da coleta de material biológico de motoristas profissionais para exames toxicológicos que possam, vir a ser realizados no mesmo laboratório.

    Segundo consta na sentença, Aloísio confessou com detalhes para a polícia como procediam nas fraudes dos exames:

    Leia na íntegra a sentença da juíza:

    A magistrada enviou o caso ao Ministério Público da Justiça Eleitoral para averiguar eventual prática de crime eleitoral envolvendo não apenas o nome de Aloízio Pirolli, mas também do vereador Thiago Silva de Oliveira,  Willian de Jesus da Silva e Diego Silva de Oliveira.

  5. Reunião pra decidir seu rumos político deve ser em local privado e não na Câmara espaço público sendo usado pra decidir a vida de cada um….E o povo aplaude msis essa…

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here