O MPSC informou a Policia Civil de Lages sobre as ameaças feitas através do Facebook, enquanto outros três casos de ofensas em grupos de Whattsapp por imputação de omissão das autoridades do município quanto a divulgação das estatísticas também estão sendo investigados. A Polícia Civil já formalizou 04 TCs por fake News (Crimes contra a honra, injúria racista e ameaças)

Após tomar conhecimento de atos atentatórios à dignidade da pessoa humana, em meio a pandemia de coronavírus, a 14ª Promotoria de Justiça da Comarca de Lages manteve contato com a Polícia Civil, que vem adotando medidas contra aqueles que insistem em praticar tais atos.

Ameaças por Facebook

O Ministério Público de SC, por intermédio da 14ª Promotoria de Justiça da Comarca de Lages, tomou conhecimento da existência de mensagens via Internet, em especial por grupos de mensagens eletrônicas, a respeito de fatos criminosos que disseminam ou compartilham a ofensa contra terceiros. Ameaças a comerciantes locais de outras nacionalidades sugerindo culpa pela Covid-19 estão entre os casos apurados.

A Delegacia Regional de Polícia foi informada pela Promotoria de Justiça de tais acontecimentos e vem adotando medidas cabíveis contra aqueles, uma minoria, que insistem em praticar tais atos atentatórios à dignidade da pessoa humana.

A prática de tais crimes, cometidos por intermédio dos meios de comunicação social ou publicação de qualquer natureza, estão sujeitos a pena de dois a cinco anos de reclusão e multa.

4 casos no Whatsapp

Por outro lado o Blog apurou que estão sendo investigados quatro casos de crime de calúnia, injúria e difamação, feitos em grupos de Whattsapp, onde se acusava autoridades municipais de Saúde de manipular dados e maquiar números.

“A Polícia Civil já formalizou 04 TCs por fake News (Crimes contra a honra, injúria racista e ameaças)”, informou ao Blog o Delegado Regional da Polícia Civil, Fabiano Schmit

 

Fontes: Coordenadoria de Comunicação Social MPSC

Delegacia Regional da Polícia Civil

#BlogdoBarão

1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here