O funcionamento da empresa de call-center não só em Lages, mas também nas demais cidades onde opera (Florianópolis, Palhoça e Xanxerê) está amparado pelo decreto 525 do governador Carlos Moisés.

Porém, precisa ser respeitado o limite de 50% do número de funcionários em cada unidade e atender a todas as exigências sanitárias. Em Lages as duas unidades (Avenida Duque de Caxias e Rua Vergílio Ramos) começaram as atividades às 8h50min.

38%

Pela manhã, a Polícia Militar esteve nas filiais de Lages e constatou que a empresa atuava, no momento, com 38% da capacidade, ou seja, abaixo do máximo permitido.

Fotos: divulgação

#BlogdoBarão

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here