O Covid-19 é uma gripe violeta que mata muita gente, mas se tratada a tempo e com os medicamentos que o Brasil dispõem, está resultando em alta hospitalar. Aqui em Lages, primeiro foi o caso da professora Cristina, depois o empresário Dilmar Monarim, que está em casa, e o mais recente, ontem, a da empresária Odete Muller, que deu alta no HTR.

Assim como esses três casos citados, muitos outros, não apenas em Lages, mas pelo Brasil afora, conforme aponta a atualização feita pelo Gabinete de Acompanhamento do Governo Federal:

A publicação mostra que, com 7 mortes a cada milhão de habitantes, o Brasil é o último no ranking de fatalidades provocadas pela Covid-19, se comparado à Espanha, França, Bélgica, Inglaterra e Alemanha.

 

Outra “alta” emocionante

Viralizou nas redes sociais e foi parar no G1 a alta do paciente Flavio Regianini, 72 anos, que reside em Florianópolis, onde contraiu o Covid-19. Depois de 25 dias internado em um hospital particular, deu alta na semana passada, devidamente restabelecido.

 

Videos: divulgação

#BlogdoBarão

1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here