Na operação DOSE DUPLA foi apreendido documentos e outros materiais como fraldas, edredons, produtos de limpeza, foram encontradas “cestas básicas”, que deveriam ser destinadas às famílias carentes na residência e no veículo de um agente político da prefeitura

A Promotoria de Justiça da Comarca de Urubici e o GAECO investigam supostos crimes contra a Administração Pública, especialmente Peculato e Atos de Improbidade Administrativa, envolvendo agentes públicos

A ação foi na sexta-feira (17/04), quando o Gaeco deflagrou a operação batizada como “Dose dupla” nas cidades de Urubici e Lages Foram cumpridos nove mandados de busca e apreensão e realizada uma prisão em flagrante.

A investigação está sustentada em supostos crimes contra a Administração Pública, especialmente Peculato e Atos de Improbidade Administrativa, envolvendo agentes públicos.

Foi apreendido documentos e outros materiais apreendidos (fraldas, edredons, produtos de limpeza), foram encontradas “cestas básicas”, que deveriam ser destinadas às famílias carentes e também àquelas afetadas pela pandemia COVID-19, na residência e no veículo de um agente político da Prefeitura de Urubici.

Diante do fato, o agente público foi conduzido à Delegacia de Polícia da Comarca de Urubici onde foi autuado em flagrante delito.

 

Fonte: Comunicação Social do MPSC

Fotos meramente ilustrativas

#BlogdoBarão

1 COMENTÁRIO

  1. Minha terra, nos noticiários. Qual é o nome do meliante? Será que é proibido revelar? Se fosse um ladrão de galinha, já tinha exposto até sua foto…

    O TEXTO É DA ASSESSORIA DE IMPRENSA DO MINISTÉRIO PUBLICO. COBRE DELES.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here