O único jornal diário da Serra Catarinense encerra suas atividades, tanto impressa quanto digital, e a última edição é a deste final de semana (16/17 de Maio)

O fechamento do Correio Lageano será sentido não apenas pelo referencial jornalístico que consolidou ao longo dsses anos, como também pelo que representa para a economia de toda uma região. Afinal, além do fechamento de uma empresa, deixando algumas dezenas de profissionais desempregados, significa também o fim de um império de comunicação.

Foi com dor no coração que recebi a notícia, lamentando pelos colegas que estarão desempregados, pela empresa que fecha as portas e, também, pelo significado do Correio Lageano na história de Lages e de Santa Catarina.

Procuramos ouvir a direção do CL, representada pela sua diretora, a empresária Isabel Baggio, que informou se manifestaria no sábado, pois estava bastante abalada.

 

 

Foto: coleção Almirante Soares Filho
#BlogdoBarão

2 COMENTÁRIOS

  1. Mais cedo ou mais tarde é o destino de todos os jornais do país e não só em Lages, internet é algo inconcorrível, imagine manter um parque gráfico, pagar funcionários, adquirir papel jornal muito caro, e , ninguém quase compra jornais em bancas, vê em casa, anúncios diminuíram, as redes sociais fazem este papel de anunciar e grátis. Então é recordar as notícias marcantes, as colunas dos blogueiros, do jornalista Nevio Fernandes, se apegar a um romantismo que vai se acabando rapidamente e não fica nada em seu lugar, somente o lixo da modernidade e aventureiros sem cultura falando em coisas banais, canais no youtube que mais fazem desaprender do que educar, enfim esta é a sociedade do antiintelectualismo e da hipocrisia, da crise, do comodismo, aonde os imbecis proliferam e os intelectuais ficam indiferentes. Quem sabe a Isabel ficou esperando um apoio da comunidade que não veio. As empresas do passado eram movidas a sonhos e ideais e não muito pelo dinheiro, hoje fecham a toda hora porque são movidas pelo capital e não por sonhos e os jornais impressos fizeram parte de um passado, tiveram a sua época e deixarão saudades que Deus abençoe o GOOGLE, com ele realizamos faculdades, trabalhos, não precisamos comprar livros, fazemos monografias, lemos bobagens e depois de formados votamos em Bolsonaro, pastores e militares e achamos que somos pessoas.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here