Depois de cinco 5 anos de burocracia, finalmente o Aeroporto Federal Antonio Correia Pinto de Macedo, de Lages, está ambientalmente legalizado, com a emissão da LAO / Licença Ambiental de Operação, entregue pelo Instituto de IMA/SC

Um dos legados que o ex-prefeito Elizeu Mattos deixou foi a operacionalização do aeroporto e a vinda da Azul Linhas Aéreas, que passou a operar regularmente a rota Lages/São Paulo.

Faltava a LAO

Porém faltava a parte legal, ou seja, a LAO, documento pelo qual o aeroporto não poderia estar operando, não fosse os constantes pedidos de regularização. E nesse contexto, vale ressaltar a determinação do prefeito Ceron para que as secretarias do Desenvolvimento Econômico e a de Meio Ambiente para que resolvessem a “pendenga” de cinco anos.

Agilidade e competência

“Pedido feito, pedido aceito, e agora o nosso aeroporto está devidamente regularizado e podendo operar normalmente”, comemoraram os secretários Delfes e Marião. Evidentemente que a equipe da Secretaria do Meio Ambiente teve de se desdobrar e muitas viagens foram feitas até a Capital pelo eng° Giovanni Tomazelli Guesser para tratar com a antiga Fatma (hoje IMA), mas o importante é o Aeroporto Federal de Lages estar hoje devidamente licenciado.

Fotos: divulgação

#BlogdoBarão

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here