O decreto perduraria até que a normalidade fosse restabelecida, e como pode se observar no acompanhamento feito na captação da Semasa, no Rio Caveiras, pelo secretário Jurandi Agostini, que “tem água em abundância no rio”

O registro de um bom volume de chuva nestes últimos dias motivou a revogação do decreto que previa, em Lages, penalidades pelo uso excessivo de água. A nova determinação foi tomada na última quarta-feira (10).

O referido decreto proibia o desperdício de água, levando em consideração as necessidades da coletividade com o uso diário deste recurso natural, porém, escasso.

O documento previa, para os casos de descumprimento constatados, fiscalização a partir de denúncia, notificação, aplicação de multa, multa dobrada em situação de reincidência e, por fim, a suspensão do serviço de fornecimento de água.

 

Imagens: Semasa/divulgação

#BlogdoBarão

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here